70% ainda não enviaram a declaração anual do MEI: Veja como

O microempreendedor que não entregar a declaração anual do MEI 2022 até o dia 30 de junho poderá enviá-la posteriormente a partir de 1º de julho / Divulgação

30 de junho é o prazo para que microempreendedores individuais apresentem seus retornos anuais, e muitos ainda não concluíram os retornos. De acordo com o MaisMei, plataforma que ajuda microempreendedores individuais a desburocratizar, 70% dos usuários ainda têm DASN (Declaração Anual do Simples Nacional) em atraso.

O microempreendedor que não entregar a declaração anual do MEI 2022 até o dia 30 de junho poderá enviá-la posteriormente a partir de 1º de julho. No entanto, em agosto há multa de 2% ao mês sobre o valor declarado, sendo o mínimo de R$ 50,00 e o máximo não superior a 20% do valor declarado.

“Algumas pessoas confundem a declaração de imposto de renda pessoa física que expirou em 31 de maio com a declaração anual do MEI. Quem é microempreendedor individual é obrigado a preparar e entregar o DASN obrigatoriamente, mesmo que sua empresa não tenha faturado nada em 2021, mas continuando com o CNPJ ativo, é preciso declarar”, alerta Mateus Vicente, CEO do MaisMei.

Participe do grupo Diário no WhatsApp e Telegram.
Fique bem informado.

Para facilitar o processo de declaração, a equipe do MaisMei reuniu algumas dicas para que a declaração seja rápida e sem erros. Dinheiro:

Assuma o controle financeiro

Ao preencher a declaração, deverá indicar o rendimento bruto da sua empresa, ou seja, todos os valores alcançados com ou sem emissão de faturas. Há um limite de faturamento para o MEI, que em 2021 era de R$81.000 por ano. Se o faturamento ultrapassar esse valor em até 20%, você terá que pagar impostos sobre o excesso e também deixará de ser considerado MEI, mas passará a um novo regime que geralmente se enquadra na categoria ME (microempresa).

See also  COMO FAZER O EMPRÉSTIMO AUXÍLIO BRASIL? Confira o valor e as últimas notícias sobre empréstimos aprovados pela BOLSONARO

Certifique-se de preencher os campos de valor

Ao preencher o valor adquirido em 2021, são exibidos dois campos: “Receita do comércio e indústria” e “Receita de prestação de serviços”. Você só precisa preencher os campos que correspondem à sua atividade, ou seja, se você é prestador de serviços, insira o valor no campo “Total da receita bruta”, inclua renda de aluguel e atividades excluindo ICMS (imposto sobre bens e serviços) .Comércio de serviços e Receita de ISS das atividades comerciais, industriais e de transporte intermunicipal e interestadual, além do fornecimento de refeições Responder também se teve algum empregado no período coberto pelo relatório.

Confira tudo antes de enviar:

Após o preenchimento da declaração, é exibido um resumo onde é possível consultar os valores de impostos pagos e devidos para 2021. Verifique se os valores estão corretos e corrija-os caso não estejam. E se estiver em atraso com a contribuição mensal do DAS, poderá fazer a declaração após apurar sua situação junto ao PGMEI (Programa de Geração DAS para o MEI). Após preencher todos os campos, clique em Enviar e baixe o Aviso de Declaração e Penalidade Administrativa (MAED) caso tenha declarado fora do prazo. É importante salvá-lo e pagar depois, pois se não for salvo neste momento, imprimir novamente só é possível com acesso à versão completa do PGMEI. Após o envio, você só poderá alterar algumas das informações da declaração de retificação.

Leave a Comment

x