A emissão de nota fiscal é obrigatória, veja como e quando emitir

A partir de 1º de janeiro de 2023, o Microempreendedores Individuais (MEI) obrigada a emitir Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e) em todo o território nacional.

Tal medida está prevista na Resolução 169 publicada na semana passada no Diário Oficial da União pelo Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN).

A nova regra afeta MEIs ativos no Brasil que prestam serviços. No entanto, é possível emitir a nota pelo portal do Simples Nacional, por computador ou aplicativo de celular. No entanto, os vendedores de mercadorias não são abrangidos pela regra acima.

Quando a fatura deve ser emitida?

O MEI deve emitir a NFS-e quando for obrigatória, como na prestação de serviços a pessoas jurídicas. Há casos em que o endosso é facultativo, como no caso de serviços prestados a pessoas físicas.

De acordo com a decisão, quando o MEI emitir a NFS-e, ficará dispensado da declaração eletrônica de desempenho, bem como do documento fiscal municipal referente ao ISS referente à mesma operação ou implantação.

De acordo com a decisão, o MEI NFS-e deve ter validade nacional e ser suficiente para justificar e determinar o crédito tributário e dispensar a autenticação e assinatura digital do documento emitido.

De acordo com as regras da Resolução nº 169, a emissão para este novo formato terá início em 2023. No entanto, pode ser feito de forma opcional antes dessa data se o governo conseguir disponibilizar os emissores da web e do aplicativo, o que está previsto para outubro.

O que é NFS-e Nacional?

A NFS-e Nacional é um projeto do governo federal para criar um padrão nacional de faturamento eletrônico de serviços que terá um layout único para que possa ser utilizado por qualquer município do território brasileiro.

See also  Auxílio ao motorista de caminhão e táxi: como conseguir?

Este projeto é um esforço conjunto entre a Receita Federal e a Abrasf (Associação Brasileira das Secretarias de Financiamento de Capital), criado para amenizar as dificuldades que empreendedores e incorporadores enfrentam com os diversos padrões municipais da NFS-e, integrando-se com as prefeituras de certa forma para simplificar semelhante ao NF-e modelo 55.

O NFS-e National Data Environment fornece os seguintes recursos:

  • Os contribuintes podem aceder a um painel com todas as faturas emitidas, autorizadas, substituídas e canceladas;
  • Os municípios podem configurar serviços e tarifas;
  • Os contadores colaboradores podem visualizar os dados de notas online.

Você precisa de um cartão de crédito?

Cartão de crédito Santander SX

Você sabia que o Santander oferece um cartão de crédito anual sem taxas? Para ter o benefício é preciso gastar R$ 100 em compras ou cadastrar CPF e celular como Pix key no Santander. Confira outras vantagens do cartão de crédito Santander SX:

  • Cartão online: compre online antes da chegada do seu cartão físico
  • Santander Pass: seu cartão em forma de pulseira, relógio e adesivo.
  • Abordado, pago.
  • App Way: Acompanhe seus gastos em tempo real e controle seu limite de onde estiver.
  • Descontos de vários parceiros Esfera.
  • Vá com Visa: Tenha acesso a ofertas especiais em lojas e restaurantes.
  • Saque dinheiro a crédito: Faça saques na função crédito e só pague quando a fatura chegar.
  • Taxa de cobrança em até 24x: Mais flexibilidade no pagamento da fatura do cartão.

Mais informações sobre o cartão de crédito Santander SX

Leave a Comment

x