Alberto Fujimori AO VIVO HOJE: Tribunal Constitucional analisa habeas corpus para indultá-lo | CT | Minuto a minuto | Política

Ao vivo: Tribunal Constitucional avalia perdão a Alberto Fujimori

Aníbal Torres sobre a libertação de Albeto Fujimori: “Isso mostra que os criminosos têm justiça no Peru”

O presidente do Conselho de Ministros, Aníbal Torres, criticou a decisão do Tribunal Constitucional a favor da libertação do ex-presidente condenado Alberto Fujimori, e destacou que esta ação mostra que em nosso país “os criminosos têm justiça”.

“É uma sentença que viola os direitos humanos de todos os peruanos e mostra que os criminosos têm justiça no Peru, e não pessoas decentes e honestas. É uma frase em que se evidencia que para esses sujeitos que ele fez isso; não importa quantos membros do TC sejam, eles violaram direitos fundamentais do povo”, declarou Torres em diálogo com Sucesso.

Políticos reagem após decisão do TC de libertar Alberto Fujimori

Manifestantes chegaram do lado de fora do TC para apoiar o perdão de Alberto Fujimori. Vídeo: Omar Coca/URPI-LR

Um grupo de manifestantes a favor do perdão do ex-presidente Alberto Fujimori se reuniu em frente ao Tribunal Constitucional para mostrar seu apoio.

Espinosa-Saldaña sobre a libertação de Alberto Fujimori: “Não partilhamos, mas temos que respeitar”

Eloy Espinosa-Saldaña foi um dos magistrados do TC que votou contra o habeas corpus a favor do perdão do ex-ditador Alberto Fujimori, condenado a 25 anos de prisão.

“Neste momento, o presidente do Tribunal está redigindo um pronunciamento. Quem votou contra temos alguns dias para apresentar nossos argumentos. Há uma série de procedimentos, às vezes o tribunal coordena com o INPE. A presidência ainda não tem isso. , mas de alguma outra forma, os funcionários correspondentes se coordenarão para cumprir a sentença que não compartilhamos, mas temos que respeitar”, disse o magistrado à TV Peru.

TC decide a favor da libertação de Alberto Fujimori

Urgente. O Tribunal Constitucional declarou procedente o recurso contra a anulação do perdão do ex-ditador Alberto Fujimori, condenado a 25 anos de prisão pelos crimes de La Cantuta e Barrios Altos.

Alberto Fujimori é condenado por crimes contra a humanidade, segundo sentença

Alberto Fujimori é de fato condenado por crimes contra a humanidade pelos massacres em Barrios Altos e La Cantuta e pelos quais foi condenado a 25 anos de prisão.

Isso foi ratificado, por meio de sua conta no Twitter, pelo advogado do Instituto de Defesa Jurídica (IDL), Carlos Rivera, ao divulgar parte da sentença proferida em abril de 2007 pela qual o ex-ditador peruano foi condenado. Isso, fruto das declarações de César Nakazaki, advogado de Fujimori, que negou os crimes.

nota anterior

O corte Constitucional (TC) vai avaliar nesta quinta-feira, 17 de março, um dos três pedidos de habeas corpus impetrados para a libertação do ex-ditador Alberto Fujimori, que foi condenado a 25 anos de prisão pelos massacres de Barrios Altos e La Cantuta.

See also  O Papa: missão, ardor de uma fé que não se satisfaz

Leave a Comment

x