Após projeto para ajudar a filha a aprender a ler e escrever, artista de Sapiranga se volta para telas | Rio Grande do Sul

O artista plástico Mauro Vila Real largou o emprego de policial para se dedicar à filha Maria Clara quando ela tinha apenas alguns meses. À medida que sua filha crescia, ele desenvolveu um método para ajudá-la a aprender a ler e escrever a partir de anotações com desenhos de super-heróis que ela levava na lancheira da escola. A história foi contada em RBS TV em 2017.

Naquela época ele estava ocupado com quadrinhos e logo após a reportagem começou a se dedicar à pintura. “Continuo a viver da arte, mas agora da pintura”, diz.

Hoje a filha tem 11 anos, está na sexta série e também gosta de pintar e desenhar. “Ela compartilha tudo isso comigo”, o pai se emociona.

“Comecei a tocar quando ela tinha três anos porque queria aprender a ler e escrever. Eu comecei só com o desenho, depois fiz um desenho e uma palavra e ela tinha que dizer qual era a palavra, aí fui engordando e ela se alfabetizou na primeira série”, lembra.

Natural de Frederico Westphalen, Mauro Vila Real já trabalhou para editoras como Marvel e DC Comics. Seus desenhos também podem ser vistos nas capas de álbuns de música, cartazes, sites, histórias em quadrinhos, jornais, livros infantis e infantis. Entre as técnicas utilizadas pelo ilustrador, destacam-se o acrílico, a aquarela, o guache e o carvão.

“Trabalho muito ao vivo e pinto ao vivo, e na terça-feira (24) pintei ao vivo no palco com Humberto Gessinger. Faço muito esse trabalho.”

Uma das obras tem uma história estranha. Sobre seus assaltos com celebridades, ele se lembra de ter feito um retrato de Michelle Obama.

“Estava em São Paulo e uma multinacional me ligou e pediu para fazer um pedido. Eu pintei, mas não sabia para que servia a pintura. Pintei em 36 minutos. Quando fiz a entrega, disseram que iam para os Estados Unidos para uma reunião no dia seguinte e queriam levar um presente do Brasil, e escolheram uma foto minha. Eu pintei um retrato de Michelle”, diz ele.

A artista plástica de Sapiranga pinta um retrato de Michelle Obama

A artista plástica de Sapiranga pinta um retrato de Michelle Obama

A artista fez entrega de trabalho para as comemorações de Farroupilhas nesta quarta-feira — Foto: Sedac/Divulgação

VÍDEO: Veja o relatório de 2017

Pai usa desenhos em guardanapos para enviar mensagens para filha

Pai usa desenhos em guardanapos para enviar mensagens para filha

Nesta quarta-feira (25), Vila Real entregou ao governo estadual a identidade visual do Festejos Farroupilhas 2022. Com o tema “Etnias gaúchas: Rio Grande, terra de muitos países”, o artista relata que buscou o toque do mãos como referência para simbolizar o fortalecimento dos laços raciais e os muitos significados do que é ser gaúcho.

“A ideia era mostrar a possibilidade de aproximação em uma imagem. Fala não só do tempo dos gaúchos, mas de toda a humanidade”, descreve Vila Real.

As festas Farroupilhas 2022 começam no dia 12 de agosto com a iluminação e distribuição da Chama Crioula em Canguçu e vão até o dia 20 de setembro.

Humberto Gessinger foi retratado por Vila Real — Foto: Reprodução/Instagram

Leave a Comment

x