as inscrições para a segunda edição de 2022 começam nesta segunda-feira; veja como fazer

Bolsistas de universidades privadas podem se inscrever para a 2ª edição 2022 do programa “Universidade para Todos” (ProUni) a partir de segunda-feira, 1º de janeiro.

As inscrições podem ser feitas até quinta-feira, 4 de abril, e podem ser feitas pelo site do ProUni. As bolsas oferecidas pelo programa são bolsas parciais (50%) ou integrais (100%). Entre os requisitos, o aluno deve ter obtido média de 450 pontos em cada disciplina no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e ter nota maior que zero na prova de redação. Os formadores inscritos como formadores no exame não podem se candidatar às bolsas do ProUni.

Os resultados serão divulgados em duas chamadas: A primeira será realizada 8 de agosto; a segunda, em 22 de agosto. Os resultados estarão disponíveis online.

Linha do tempo

  • Período de inscrição: 1 a 4 de agosto
  • Resultado do primeiro concurso: 8 de agosto
  • Informações de Prova de Primeira Chamada: 8 a 17 de agosto
  • Resultado da segunda chamada: 22 de agosto
  • Comprovante de informações de segunda chamada: 22 de agosto a 31 de setembro
  • Lista de espera: 5 a 6 de setembro
  • Anúncio da lista de espera: 9 de setembro
  • Confirmação das informações da lista de espera: 10 a 16 de setembro

notícia

Esta edição do ProUni trará algumas novidades. Inclui postagens categorizadas como ampla concorrência ou ação afirmativa. A ordem de prioridade na chamada varia de acordo com a categoria de aplicação.

Outra mudança é a priorização de inscrições que atendam aos seguintes critérios (em ordem decrescente de relevância para o ranking):

– São docentes da rede pública de ensino (exclusivamente para a formação de professores e cursos pedagógicos para a formação de professores do ensino básico, se aplicável e se estiverem matriculados nesta situação);

See also  Como criar uma horta para um apartamento? Saber o que plantar, como montar e dicas importantes de cuidados

– Alunos que tenham concluído o ensino médio integralmente em escolas públicas;

– Alunos que cursaram o ensino médio parte em escolas públicas e parte em instituições privadas (com bolsa integral);

– Alunos que cursaram o ensino médio parte em escola pública e parte em instituição privada (com bolsa parcial ou sem bolsa);

– Alunos que tenham concluído o ensino médio completo em instituição privada (com bolsa integral);

– Alunos que tenham concluído o ensino médio em instituição privada (com bolsa parcial ou sem bolsa).

renda

Para participar do processo, o candidato deve atender a alguns critérios, como: B. os requisitos para as larguras de banda de renda per capita:

– Bolsa Integral (100%) — Até 1,5 salário mínimo

– Bolsa parcial (50%) — Até 3 salários mínimos

De acordo com o Ministério da Educação e Cultura, ao classificar os alunos inscritos no processo seletivo do ProUni, as notas obtidas nas duas últimas edições do Enem imediatamente anteriores ao processo seletivo do ProUni para ingresso em curso de graduação ou curso avançado do treinamento específico são levados em consideração.

Leave a Comment

x