As inscrições para o Prouni 2022 terminam hoje (5); veja como fazer – país

Candidaturas para a Universidade para Todos (prouni) para o segundo semestre deste ano terminará nesta sexta-feira (5).

O prazo terminaria na quinta-feira (4), mas foi prorrogado. Os alunos interessados ​​devem aceder ao Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

O resultado da primeira chamada será divulgado na terça-feira (9) e as inscrições devem ser feitas entre esse dia e 17 de agosto. O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 22 de agosto, as inscrições ocorrerão entre os dias 22 e 31 de agosto.

Segundo o Ministério da Educação (MEC) a partir desta edição será divulgada a classificação parcial de cada candidato ao invés da informação de exclusão. A tabela de classificação mais recente será publicada ao longo do dia.

Isso permite que o candidato verifique novamente sua posição em relação aos concorrentes que escolheram as mesmas opções de inscrição que ele.

Para aqueles que não estão incluídos nos anúncios regulares de emprego, o programa também oferece a oportunidade de participar da lista de espera. O aluno deverá manifestar seu interesse nos dias 5 e 6 de setembro. Os resultados da lista de espera serão divulgados no dia 9 de setembro e as inscrições devem ocorrer entre os dias 10 e 16 de setembro.

Como o Prouni funciona?

O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas integrais e parciais (50%) em universidades privadas. Mais de 190.000 bolsas são oferecidas nesta edição.

O candidato deve ter sido aprovado na edição de 2021 ou 2020 ou em ambas do Exame Nacional do Ensino Médio (E também) e obteve pelo menos 450 pontos na média de notas e não obteve zero pontos na redação. Outro requisito é não ter participado do Enem como formador. Será avaliada a edição do Enem com a melhor média de notas.

See also  Horóscopo para segunda-feira, 11 de julho de 2022

Para ser elegível à bolsa integral, o aluno deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O público-alvo do programa são estudantes sem diploma universitário. Os professores da rede pública de ensino também podem se candidatar a uma bolsa exclusiva para magistério e cursos de magistério voltados à formação de professores do ensino fundamental. Neste caso, não se aplica o limite de renda exigido para outros requerentes.


Quero receber conteúdo exclusivo sobre o Brasil



Leave a Comment

x