Bolsonaro critica voto zero e cita Chile como exemplo de abstenção de direita

Bolsonaro critica voto zero e cita Chile como exemplo de abstenção de direita

Presidente Jair Bolsonaro acena durante cerimônia de bandeira no Palácio da Alvorada, em Brasília

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar as pessoas que votam não nas eleições, citando o Chile como exemplo do que pode acontecer quando os eleitores de direita se abstêm.

“A pior coisa que pode ser feita é cancelar a votação e delegá-la a um terceiro para decidir o futuro do país. As pessoas às vezes reclamam, ‘ah, Chile’. No Chile quem não escolheu foi quem optou por não votar, a esquerda sempre votou, não reclame. A democracia é linda, maravilhosa, mas passa pelo eleitor”, disse na manhã desta quinta-feira pouco antes da reunião ministerial.

O esquerdista Gabriel Boric assumiu o cargo de presidente do Chile nesta semana depois de derrotar o candidato de extrema-direita José Antonio Kast no segundo turno das eleições presidenciais daquele país. Bolsonaro não compareceu à posse e o vice-presidente Hamilton Mourão representou o governo brasileiro.

As pesquisas de intenção de voto realizadas até o momento mostram que um pequeno número de eleitores planeja votar zero ou branco na primeira votação. O mais recente, Genial/Quaest, mostrou 6% de brancos ou zero na quarta-feira, um número bem abaixo da diferença de 18 pontos percentuais entre Bolsonaro e seu principal rival, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em um eventual segundo turno, a pesquisa mostra um número ainda menor de pessoas inclinadas a cancelar a votação, em torno de 3%. Em um eventual segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 54% a 32%, segundo a pesquisa.

Na curta live, que se seguiu a uma cerimônia de hasteamento da bandeira no Palácio da Alvorada, o presidente disse que levaria os ministros de Minas e Energia Bento Albuquerque e a ministra da Agricultura Tereza Cristina esta noite para sua apresentação ao vivo semanal, para “mostrar o que está acontecendo” sobre o preço dos alimentos e combustível para seus seguidores tirarem suas conclusões.

“Então mostra o que está acontecendo e a conclusão de que estamos fazendo a coisa certa depende de você, você decide. Às vezes não. Cada um escolhe quem acha que pode ajudar seu país. Com consciência, compreensão e responsabilidade”, disse.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI2G0QJ BASEIMAGE




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


See also  Assista a mensagem do Universo nesta segunda-feira (28/03)

Leave a Comment

x