Burgo investiga: As camisas alternativas nos Superclásicos




Em TyC Sports en Vivo, Andrés Burgo apresentou uma reportagem de Boca e River jogando o Superclásicos com roupas alternativas, dado que o Boca jogará a próxima data no Monumental com uma camisa amarela.

  • Já pode votar no Censo Nacional de Adeptos!

A reportagem Andrés Burgo

rio e boca Eles se encontrarão no próximo domingo no Monumental em um novo Superclásico. As formações de Galante e de Bataglia aumentar a expectativa de todos os fãs. Além das equipes, o que gerou espanto foi o pedido inédito do Boca à Liga Profissional: jogar a partida com uma camisa amarela alternativa, o mesmo com que bateu Alunos 1-0 última data. Andrés Burgo apresentado em TyC Sports ao vivo uma reportagem detalhada sobre o Xeneize e o Milionário jogando com roupas alternativas nos Superclásicos e em outras partidas.

Relatório de Andrés Burgo

Jogar

Relatório de Andrés Burgo


Boca não bate River no Monumental há três anos; “Em 1934 aconteceu da última vez o que acontecerá no domingo. Em 99, o River há três anos não lhe valeu o Boca. Ele trocou de camisa e deu errado”disse Burgi, referindo-se à camisola tricolor com riscas verticais usada pela equipa de Núñez naquela ocasião, que resultou numa derrota por 3-0 frente ao Xeneize, com um hat-trick de Martín Palermo.

“Essa foi uma camisa de fundação, que o River usou nas décadas de 20 e 30. Reza a lenda que não deu sorte a Labruna”, Ele continuou. No torneio de verão de 2010 foi o último registro do Boca jogando com outra camisa, “Boca jogou com a Suécia, mas o River venceu por 3-1”.

Em TyC Sports ao vivo algumas compilações também foram lembradas “Bover”, em que River e Boca jogaram juntos, integrando o mesmo time. Em 1948 tocaram com essa formação no Brasil, enquanto em 1975 repetiram com figuras como Fillol, JJ Lopez, Tarantini, entre outros.

See also  Assista Apucarana x Aruko AO VIVO online no YouTube
o compilado "Bover"

Burgo lembrou em seu relatório a partida que o Boca jogou contra Universidade do Chilequando no primeiro tempo vestiu uma camisa diferente do titular da Copa Libertadores 1963: “De Milão, eles lhe deram um conjunto de camisas. Chegaram à final e a primeira parte do jogo foi disputada com essas camisas”.

Na reportagem, o tempo que o River jogou no Camp Nou com cores alternativas, muito parecidas com as do Boca, uma camisa amarela com uma faixa azul e vermelha que o time catalão lhe emprestou em 1980. Outras vezes que o River usava cores diferentes das usuais foi quando jogou com uma camisa marrom após Tragédia da Superga em 1949, quando o Torino sofreu um acidente de avião e em 1960, quando vestiam uma camisa roxa.

Já no Superclássico, em 1993 o Milionário vestiu a calça vermelha e seu rival venceu com um gol de Beto Acosta, seguindo uma sequência de 13 jogos sem perder.

River com a camisa do Barcelona

Por fim, outro momento foi lembrado, que teve como protagonista Diego Maradona. Em 97, o branco foi adicionado à camisa do Boca. Diego disse que era a camisa do Michigan e que não jogava com essa camisa. “Fizeram duas partidas com a cor intrusa no Monumental. 3 a 3 e o jogo final de Maradona, que se aposentou com aquela camisa que não gostou nada”, encerrou Burgo.

Diego Maradona com a camisa azul, dourada e branca

Não perca nada

Receba as últimas notícias da TyC Sports e muito mais!


Pode lhe interessar


Leave a Comment

x