Casal é preso após tentar vender informações confidenciais sobre submarino dos EUA ao Brasil

Crédito: divulgação

PLANEJAMENTO O submarino pode submergir até 1 km: tecnologia está sendo testada em outros veículos militares (Crédito: Divulgação)

Dois espiões norte-americanos foram presos há um mês depois de tentarem vender ao Brasil informações confidenciais sobre submarinos nucleares norte-americanos. O New York Times noticiou o caso na última terça-feira (15).

Durante anos, o engenheiro naval Jonathan Toebbe teve acesso a documentos confidenciais sobre a tecnologia de submarinos nucleares da Marinha dos EUA. Pouco a pouco, ele coletou informações confidenciais. Portanto, ele e sua esposa Diana decidiram vender o conhecimento que adquiriram, o que constitui espionagem industrial.

Então eles pensaram em países que eram ricos o suficiente para pagar por documentos, mas tinham um viés não hostil em relação aos EUA. Decidiram então que o alvo seria o governo brasileiro.

No entanto, a operação deu errado desde o início. Porque assim que a ABIN (Serviço Secreto Brasileiro) recebeu a declaração, entrou em contato com o FBI (Serviço de Investigação dos Estados Unidos). Foi necessária uma operação conjunta para prender os criminosos. Agentes se passaram por autoridades brasileiras para falsificar uma audiência.

O casal foi solicitado a deixar partes de documentos em um local combinado quando foram presos na Virgínia Ocidental. Jonathan pode pegar até 17 anos de prisão enquanto sua esposa pode pegar até 3 anos por cumplicidade.

Se o Brasil tivesse sido pego tentando comprar segredos dos EUA, as relações entre os dois países estariam ameaçadas. Ironicamente, segundo a Folha, o estreitamento dos laços entre o governo Bolsonaro e Vladimir Putin teria ocorrido pelo compartilhamento de tecnologias para o uso de energia nuclear em submarinos.

Com informações do New York Times, Folha e UOL




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


Leave a Comment