Cinthia Fernández voltou a discutir ao vivo com um líder piquete sobre a quadra em 9 de julho

O novo cruzamento de Cinthia Fernandez com o líder do Polo Obrero Eduardo Belliboni (Momento D – El Trece)

O piquete de 9 de julho é uma das questões que mais enfurece Cynthia Fernandez. Toda vez que um corte dificulta o acesso ao El Trece, localizado ao pé da avenida, a palestrante deixa claro, tanto em suas postagens nas redes sociais quanto pela tela. Eu fiz isso enquanto eu estava em os anjos da manhã e ele faz isso agora de seu lugar em Momento D, o ciclo que leva de fevereiro Fabian Doman.

Um novo capítulo aconteceu nesta terça-feira, durante uma mobilização de diferentes organizações sociais no 9 de julho. A posição era clara: se o ministro Juan Zabaleta não os recebesse, eles estavam dispostos a acampar para passar a noite lá e ir ao Ministério do Trabalho pela manhã. Nesse contexto, o celular do programa voltou a localizar Eduardo Belloni, líder de Poste do Trabalhador, para saber de dentro os motivos da manifestação. E desde o início da entrevista, ficou claro que as faíscas seriam desenhadas novamente com Cinthia.

A primeira rodada entre os dois havia acontecido há um mês, quando a bailarina mais uma vez questionou os métodos de protesto. Lá, em meio a chicanas e discussões, o motorista propôs que os manifestantes deixassem as faixas do Metrobus livres, para que pelo menos os ônibus ou uma ambulância que esteja em emergência possam passar.” Então Cinthia o interrompeu: “Se você conseguir isso, eu saio com o fio dental no meio da demonstração. Eu juro para você e eu cumpro, hein”, disse ela maliciosamente, referindo-se ao polêmico encerramento de sua campanha para deputada. “Nós respeitamos as mulheres e não queremos que você faça isso”, disse-lhe Belliboni, motivando assim uma resposta 100% Cinthia: “Estou feliz mostrando o rabo, hein. Eu me respeito, sou livre. Eu adoro… além do meu rabo ser divino”, encerrou Fernández.

A discussão anterior de Cinthia Fernández com o líder Eduardo Belliboni do Polo Obrero (Momento D – El Trece)

Voltando a esta tarde, Fernández comentou ironicamente sobre o corte e o líder respondeu no mesmo tom: “Peço desculpas pela nova interrupção de tráfego, mas você também tem que ver a outra parte, os camaradas que hoje não tinham o que comer”Belliboni apontou, mas a dançarina refutou os métodos. Entendo sua afirmação, mas os únicos que continuam a nos prejudicar somos nós. Eles cortam tudo, tornam a vida impossível para nós, você quer entrar e eles acabam sendo agressivos, eles te insultam de cima a baixo, eu vivo isso todos os dias”, respondeu o palestrante.

A troca aumentou até que Doman perguntou se eles iriam dormir lá se o ministro não os visse. “Sim, claro”, respondeu o líder com força, o que causou a raiva de Cinthia. “Onde eles se aliviam?, Eu pergunto. “Em um banheiro” Belliboni conseguiu responder, mas a bailarina continuou com seu discurso: “Depois de cada manifestação, a rua é um lixão e no dia seguinte as crianças vão cedo para a escola e é preciso caminhar por ela”ela acrescentou indignada.

Cada vez mais lotada, Cinthia continuou com sua posição: “Eles continuam estragando a vida das pessoas: eles não podem ir trabalhar, tudo acaba em um chiqueiro, a reclamação deles não dá em nada, eles vão e são pagos todos os dias porque para você é um trabalho e nós não podemos ir trabalhar. Por isso é a febre da gente”, explicou com tom enfático. Quando a situação pareceu se acalmar, e o líder tentou argumentar, a dançarina novamente interrompeu “Às vezes eles nem sabem por que estão parados ali”ele apontou, e foi contestado por Doman e o painelista Gabriel Schultz. “Hoje não é o caso”disseram quase em dueto, mas Cinthia continuou: “Não sei se o todo, pergunte se todos sabem porque estão ali”ele insistiu.

CONTINUAR LENDO:

Marcelo Tinelli apareceu surpreendentemente em um canal de Rosário e antecipou como e quando será seu retorno à televisão
Vida e obra de Arturo Bonín: mecânico para punir, banca de jornal para sobreviver e ator de personagem como sua única vocação
As imagens do reencontro entre Inés Estévez e Fabián Vena no aniversário da filha Vida: “A melhor de todas as comemorações”

Leave a Comment