Consulta pública aberta sobre o novo quadro jurídico do transporte de passageiros

Nesta sexta-feira (24) foi aberta a Audiência Pública n.º 6/2022, que recolhe propostas e contribuições para a proposta de regulamentação da prestação do serviço regular de transporte rodoviário colectivo interestadual de passageiros (TRIP) ao abrigo do regime de autorização do Serviço Nacional de Transportes Terrestres. Agência (ANTT).

De acordo com a agência, toda a documentação relativa ao objeto é do Audiência pública está disponível no dia 24 de junho de 2022 a partir das 14:00 (horário de Brasília) no site do Sistema ParticipaANTT no site da Audiência Pública nº 06/2022.

O prazo para submissão de contribuições escritas é das 9h do dia 8 de julho de 2022 às 18h do dia 22 de agosto de 2022 (horário de Brasília) até participante do sistema ANTT, por correio ou pessoalmente no endereço da ANTT, SCES – Seção 3 – Lote 10 – Polo 8 – Brasília (DF).

A Companhia e o Setor Regulado também poderão participar oralmente no dia da reunião pública virtual conforme data e local abaixo. A inscrição deve ser feita com antecedência conforme instruções na página de Procedimentos de Participação e Controle Social.

Para saber mais sobre o processo de audiência pública, assista ao vídeo.

Para saber como enviar sua contribuição, acesse o tutorial do sistema ParticipaANTT.

A maioria em formação pelo e-mail ap006_2022@antt.gov.br.

tema

A Audiência Pública nº 6/2022 abordará a regulamentação da prestação de transporte rodoviário coletivo interestadual de passageiros e abordará praticamente todos os aspectos relacionados.

De acordo com a Superintendência de Serviços de Transporte Rodoviário de Passageiros (Supas/ANTT), a proposta de regulamentação traz uma série de avanços em relação ao atual arcabouço legal, o que permitirá o desenvolvimento do setor e a consequente ampliação e melhoria da qualidade dos serviços aos população brasileira, dentre as quais merecem destaque:

  • A proposta de regras que ao mesmo tempo permitem garantir aos clientes uma operação segura e confiável e aumentar a concorrência no mercado. Nesse sentido, as empresas devem manter vínculo empregatício e capacitar continuamente seus motoristas, manter sua frota de forma permanente e registrar suas operações junto à ANTT para não atuar de forma inadequada no mercado. Por outro lado, todas as empresas que cumprem essas regras podem oferecer seus serviços à população, o que aumenta a concorrência no mercado;
  • A busca pela segurança na operação, principalmente para os passageiros, foi o fio condutor de todo o trabalho. Começando pelos compromissos relacionados aos motoristas e frota e culminando na proposta de um indicador de segurança que permite à ANTT conhecer a velocidade desenvolvida pelos veículos de todas as empresas de transporte que atuam no setor. Com isto, será possível reduzir o risco de acidentes rodoviários relacionados com uma das suas principais causas, nomeadamente o excesso de velocidade. Isso fecha o círculo positivo de segurança, que inclui todos os fatores que contribuem para a prestação adequada e segura dos serviços: pessoal, frota de veículos e operação.
  • No entanto, a garantia da qualidade dos serviços à população não se limita à questão da segurança. Ao criar um sistema de avaliação de desempenho de alvarás e transportadores autorizados, a proposta introduz mecanismos para garantir a manutenção da regularidade, continuidade e universalização do acesso aos serviços para a população, principalmente idosos, pessoas com deficiência e jovens de baixa renda. Com base nos resultados obtidos no sistema de avaliação de desempenho, as empresas com resultados positivos podem expandir suas atividades com mais flexibilidade, enquanto as operadoras com resultados negativos são retiradas do sistema.
  • O estabelecimento de uma regularidade mínima de operação em todas as linhas, por sua vez, garante a disponibilidade permanente de serviços programados para a população e garante aos idosos, jovens e pessoas com deficiência física, todos de baixa renda, mais oportunidades de viajar livremente, garantindo a esses benefícios para um número maior de pessoas;
  • Por fim, a definição das condições específicas de licenciamento permitirá visar a universalização dos serviços em todo o território, permitindo que os locais não integrados na rede de serviços sejam servidos por regras de funcionamento mais flexíveis, e.g. B. a possibilidade de utilização de veículos de serviço mais pequenos e a introdução de uma frequência mínima reduzida.
See also  Assista à Copa do Mundo WSL ao vivo em Bells Beach I IF15 Sports

Assim, segundo o Supas, o regulamento proposto visa assegurar uma prestação competitiva e eficiente do transporte rodoviário colectivo interestadual de passageiros, mas sem perder de vista que se trata de um serviço público e como tal deve cumprir a obrigação legal da sociedade de forma adequada. e acima de tudo, ser disponibilizados com segurança.

Serviço:

audiência Público nº 6/2022

Período de contribuição: das 09:00 do dia 08/07/2022 às 18:00 do dia 22/08/2022

Localização: Videoconferência (Microsoft Teams), transmitida ao vivo pelo Canal ANTT, em Youtube

Tempo: das 15h00 às 18h00

Informações específicas sobre o assunto e orientações sobre os procedimentos relacionados à realização e participação na Audiência estão disponíveis na íntegra em sistema participativo. Informações e esclarecimentos adicionais podem ser solicitados pelo e-mail ap006_2022@antt.gov.br.

Observação: O endereço eletrônico da videoconferência será publicado no dia 3 de agosto de 2022, às 14h, no site da sistema Participar, no site da audiência pública nº 6/2022.

Leave a Comment

x