Corinthians domina, vence Santos e garante vaga na Copa do Brasil

Imagem ilustrativa da imagem Corinthians domina, vence Santos e garante vaga na Copa do Brasil






Em sua melhor atuação da temporada 2022, o Corinthians não deu atenção ao Santos e saiu muito bem da vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

Apoiado por mais de 40 mil torcedores nesta quarta-feira (22) na Arena Neo Química, o Timão derrotou o Peixe por 4 a 0, com gols de Giuliano (duas vezes), Gustavo Mantuan e Raul Gustavo, ouvindo sua torcida dançar “olé cantando no segundo tempo. A segunda etapa acontece na Vila Belmiro no dia 13 de julho.

O clássico foi marcado pelo domínio total do Corinthians na partida. Com Willian entre os atuais campeões, o Timão teve uma postura ofensiva desde o início do jogo, abrindo três gols no primeiro tempo e até trazendo alguns garotos de base para o campo nos minutos finais, rodando o elenco. O Santos, com um a menos em campo no segundo tempo após a exclusão de Zanocelo, pouco pôde fazer e precisava de um resultado resiliente para se manter vivo na Copa do Brasil.

O jogo começou com o Corinthians dominando o meio-campo e o Santos pronto para o contra-ataque. A primeira ação perigosa veio após uma troca de passe entre Du Queiroz, Fagner e Gustavo Mantuan na direita. O trio triangulou na beira do campo e a bola entrou na pequena área onde Róger Guedes só conseguiu empurrá-la para a rede, mas o camisa 9 bateu ao lado e mandou a bola para as arquibancadas da Arena Neo Química.

O chute após a ação isolada de Róger Guedes foi exatamente o primeiro gol do Corinthians. Depois de roubar a bola no meio-campo, Willian avançou pela esquerda, jogando fundo para Lucas Piton e o time cruzou fundo para Gustavo Mantuan acertar o facão e alargar a rede defendida por João Paulo. O time santista reclamou de uma falta no início do jogo, mas o VAR não viu nenhuma ofensa e confirmou o gol.

See also  ASSISTA São Paulo Crystal x Retro AO VIVO AGORA COM FOTOS Campeonato Brasileiro D 2022, SÁBADO (28/05)

A vantagem no placar não deixou o Corinthians mudar de atitude em campo e oito minutos depois fez o segundo gol contra o Santos. Uma ação individual de Róger Guedes na direita após passe profundo de Willian para Du Queiroz na área, o meia chutou e acertou o volante Giuliano. O desvio do jogo enganou a defesa adversária e a bola caiu no fundo da rede santista.

O primeiro tempo do Corinthians terminou com mais um gol. Em cobrança de escanteio da direita, o zagueiro Raul Gustavo subiu mais alto que os adversários e testou o terreno para bater João Paulo, conquistando o terceiro lugar do Timão e encerrando o jogo do time da casa nos primeiros 45 minutos.

Com três gols de desvantagem e impossibilitado de igualar o Corinthians, o Santos voltou do intervalo com a mesma formação e teve as mesmas dificuldades do primeiro tempo para manter as laterais abertas do adversário. Os primeiros lances de Fabián Bustos aconteceram aos oito minutos de palco, com a entrada de Camacho e Felipe Jonatan.

O zagueiro João Victor, titular do Corinthians, voltou a sentir dores no tornozelo direito e precisou ser substituído nos primeiros minutos do segundo tempo. O jogador perdeu sete jogos seguidos e voltou à lista de parentes neste clássico.

A conta do Corinthians poderia ter sido um case maior na Arena Neo Química. Após passe de Willian, o atacante Róger Guedes entrou na área do Santos entre dois zagueiros, caiu na área e o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou pênalti. O VAR foi acionado, o árbitro revisou o lance e anulou o lance quando determinou que não havia falta no jogo.

See also  Pedro diz estar 100% comprometido com o Flamengo: 'Vou cuidar da minha carreira' | Marcador

A situação ficou ainda mais complicada quando o meio-campista Vinicius Zanocelo fez falta em Piton enquanto o Peixe ainda estava no ataque. A princípio não havia cartão em jogo, mas o VAR recomendou que a oferta fosse revista, o árbitro viu a cotovelada em Lucas Piton e expulsou o santista aos 16 minutos do segundo tempo.

Em cobrança de escanteio, a bola chegou na área santista por cima, o zagueiro acertou a cabeça e a bola foi para Giuliano para encher o pé e marcar o quarto gol do Corinthians no clássico – seu segundo no jogo. Houve um pedido de impedimento no jogo, mas o VAR manteve a oferta.

As equipes voltam a se enfrentar no sábado (25) às 19h (horário de Brasília) pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim como esta noite, o clássico paulista também será disputado na Arena Neo Química.

CORÍNTIOS

cássio; Fagner, João Victor (Robert Renan), Raul Gustavo e Lucas Piton; Cantillo (Xavier), Du Queiroz (Roni) e Giuliano; Gustavo Mantuan, Willian (Adson) e Roger Guedes. Técnico: Vítor Pereira

PIEDOSOS

João Paulo; Lucas Braga, Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires (Angelo); Rodrigo Fernández (Camacho), Sandry e Vinicius Zanocelo; Leo Baptistão (Bruno Oliveira), Jhojan Julio (Felipe Jonathan) e Marcos Leonardo. Formador: Fabiano Bustos.




Leave a Comment

x