Duas personalidades da transmissão SC recebem prêmios ACAERT

Na cerimônia de abertura em 18 de abril Congresso Catarinense de Rádio e Televisão da ACAERT, duas personalidades da Radiodifusão Catarinense receberam o prêmio ACAERT. Rogério Pereira, carinhosamente chamado de Pirata, já falecido, e Ranieri Moacir Bertoli foram os convidados de honra da noite. Uma comissão composta por Rubens Olbrisch, Marise Westphal Hartke, Darel D’Avila, Evelásio Vieira Neto e Ana Paula Melo selecionaram os vencedores.

Marcelo Pereira, filho de Pirata, recebeu o prêmio em nome do pai. A emissora da Nevasca FM de São Joaquim ficou muito emocionada ao relembrar o quanto o homenageado era próximo da comunidade.

“Ele estava respirando e respirando transmissão”, disse ele.

Para Pereira, se estivesse vivo quando recebeu o prêmio ACAERT, seu pai faria o discurso de sua vida. “Foi uma surpresa muito grande e também muito emocionante”, enfatiza Marcelo, que vê este prêmio como um presente para toda a comunidade de São Joaquim.

Marcelo Pereira durante o discurso | Foto: Renato Becker

O homenageado Ranieri Moacir Bertoli diz que ficou surpreso ao saber que receberia o prêmio da ACAERT. “Confesso que não fazia ideia”, diz. O radialista explica que está no setor desde os 18 anos, então já tem 40 anos de experiência.

“Meu pai me aconselhou a ir ao clube buscar informações”, conta Bertoli sobre a época em que assumiu o rádio e buscou apoio da ACAERT. O empresário se diz grato pela associação e está muito feliz com a premiação.

> Continue a seguir o SCC10 chilroInstagram e Facebook.

Rogério Pereira “Pirata” (Em memória)

Rogério Pereira nasceu em 15 de novembro de 1945 em São Joaquim. Vindo de uma família humilde, começou a trabalhar como sapateiro na juventude. Em 1964 começou a trabalhar como locutor na rádio Difusora São Joaquim AM, assumiu a direção em 1966 e tornou-se sócio na década de 1970, trabalhou como pecuarista, produtor certificado de batata-semente e fruticultor. Criação da Cooperativa de Crédito Rural e entreposto de comercialização de maçãs para produtores. Fundou a Associação dos Produtores de Maçã e Pera de Santa Catarina, conhecida como AMAP, e foi presidente por três vezes. Fundador da Rádio Nevasca FM em 2007. Foi Diretor da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT. Atuou como Vice-Presidente Regional em várias administrações. De 1969 a 1972 foi vereador, secretário-chefe da prefeitura, secretário administrativo e secretário de assistência social. Foi vice-prefeito de São Joaquim. Na área social, foi Presidente da Legião Brasileira de Assistência (LBA). Fundador de conselhos locais na comunidade. Dirigiu os Festivais Nacionais da Maçã em 1986, 1988, 1991 e 2001. Recebeu o título de Cidadão do Bom Jardinense, Urupemense e Urubiciense.

See also  Quando começa hoje o Bem Amigos, entrevista com Jorge Jesus

Ranieri Moacir Bertoli

Ele nasceu em 31 de março de 1964 em Taió. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Ele é um radialista, hoteleiro e silvicultor. Ele atuou como Diretor da ACAERT por vários anos antes de assumir a presidência da instituição de 2003 a 2006. Sua gestão fortaleceu a atuação do Centro de Rádio ACAERT e ampliou sua estrutura. Foi responsável pela modernização da sede da ACAERT. Um dos criadores do chamado trade da comunicação, que reunia empresas representativas dos meios de comunicação de Santa Catarina e agências de publicidade. Estimulou o relacionamento institucional com a ABERT, associações nacionais, Ministério das Comunicações e Anatel. Em colaboração com o Instituto Mapa, Adjori e Sapesc, realizou um estudo do mercado de veiculação publicitária em Santa Catarina em 2004 e 2005. Em conjunto com o SEBRAE, realizou o primeiro programa de capacitação para profissionais de radiodifusão em Santa Catarina. Ele promoveu a formação da “Frente Parlamentar de Radiodifusão” criada pelo deputado federal Ivan Ranzolin (PFL). Em colaboração com a ADI/SC (Associação dos Diários do Interior) apresentou a CNR/SC – Central de Notícias Regionais. Iniciou os projetos: “Memória da Radiodifusão de Santa Catarina” e “Balanço Social da Radiodifusão Santa Catarina”. De 2014 a 2019 foi conselheiro da ADVB e da ACI (Associação de Imprensa de Santa Catarina). De 2017 a 2019 foi membro do Conselho de Comunicação do Senado Federal. Ela é responsável pela articulação política e auxilia o órgão na transmissão de reivindicações às autoridades. Atualmente é membro do Conselho Superior da ACAERT e Tesoureiro da SERT/SC. Também é consultor da ABIH/SC.

*com informações da ACAERTE

Leave a Comment

x