Enem 2022: Segunda jornada, que acontece neste domingo (20), tem provas de matemática e ciências


Os candidatos têm até cinco horas para responder a 90 questões. A partir das 18h, o g1 publica o feedback não oficial do curso Anglo, que também faz as correções em show ao vivo. No primeiro dia do Enem, aluno checa o celular em frente ao local de prova
Érico Andrade/g1
Este domingo (20) marca o segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 com provas de matemática e ciências (biologia, física e química).
A partir das 18h o g1 vai divulgar as respostas não oficiais das questões e corrigi-las ao vivo com os professores do curso de Anglo.
RESPOSTA EXTRA OFICIAL DO ENEM 2022 – será atualizada aqui
COBERTURA EM TEMPO REAL – acompanhe aqui
PROGRAMAÇÃO AO VIVO COM PROFESSORES – Será transmitido no site g1 e nos canais YouTube e TikTok
O primeiro dia do Enem, no último domingo (13), teve redação sobre comunidades e povos tradicionais e nas provas de Línguas e Humanidades questões citando a patinadora Rayssa Leal, o cantor Chico Science e o Estado Democrático de Direito.
O tema da redação, “Desafios para a Avaliação de Comunidades e Povos Tradicionais no Brasil”, considerado a “Cara do Enem” para a resolução de um problema social, foi elogiado pelos professores, assim como os temas considerados relevantes e oportunos se tornaram.
Para não se estressar e correr o risco de perder a prova, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda chegar ao local da prova até às 12h. Para evitar contratempos, o candidato deve sair de casa com antecedência e verificar primeiro se está com a documentação e os materiais necessários (veja abaixo). Não se esqueça que a frota de ônibus e trens geralmente é reduzida aos domingos.
O local do exame está indicado no cartão de confirmação de inscrição de cada participante, que pode ser acessado em https://enem.inep.gov.br/participante/. Não é obrigatório fazê-lo, mas tê-lo em mãos ajudará você a encontrar o prédio e a sala onde fará o teste.
O que levar para o exame
RG ou outro documento oficial com foto (documentos digitais também são válidos);
álcool em gel;
Máscara facial de proteção (só não é obrigatório em locais que tenham permitido o uso interno);
Caneta esferográfica de tinta preta transparente (leve pelo menos duas caso uma falhe)
cartão de confirmação de registro;
Lanche (alimentos energéticos como chocolate, nozes e barras de granola são ideais) e água em uma garrafa transparente (a embalagem não deve ter rótulo). A lanchonete pode ser inspecionada pelo inspetor de sala.
Dica: Como o exame dura cinco horas, é recomendado que o candidato use roupas confortáveis ​​e calçados que não apertem.
Exemplos de documentos de identificação digital aceitos pelo Inep:
e título,
Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital; e
RG Digital.
Atenção: Os candidatos devem enviar a inscrição oficial ao fiscal – capturas de tela não são válidas. O uso do celular continua proibido após a entrada na sala de aula.
O que você não pode fazer no exame
Telefones celulares, calculadoras ou outros dispositivos eletrônicos devem ser desligados e colocados em sua bolsa de armazenamento antes de entrar na sala de exame. Caso seja emitido ruído dos aparelhos durante a prova, o candidato é eliminado;
Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens;
óculos de sol, bonés, chapéus, viseiras ou capuzes;
Bebidas alcoólicas, cigarros e/ou drogas ilícitas.
Atenção: O envelope de guarda lacrado e marcado deve ser guardado sob a carteira desde a entrada na sala até a saída do local do exame.
A partir das 13h (horário de Brasília) é permitido ir ao banheiro desde que acompanhado de um fiscal.
Veja mais no vídeo a seguir:
O que você pode e não pode levar no dia da prova do Enem?
Veja os horários de aplicação (no fuso horário de Brasília):
Abertura dos portões: 12h
Fechamento dos portões: 13h
Início da prova: 13h30
Fim do exame no dia 2: 18h30
O candidato só poderá sair com a cartilha nos últimos 30 minutos antes do término da prova.
Correção: vale a pena chutar?
As questões são corrigidas usando um modelo matemático chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI). A prova é elaborada com questões pré-classificadas em fácil, médio e difícil. O que se espera é que o candidato se saia melhor nas mais fáceis. O TRI realiza uma análise estatística “anti-chute” para calcular uma pontuação final que indica se as respostas foram consistentes.
Definido de forma simples, este é um método que visa priorizar a consistência do desempenho do candidato. A nota não é simplesmente a soma do número absoluto de respostas corretas.
Se alguém acertar as perguntas mais difíceis, mas errar nas fáceis, provavelmente “adivinhou” as respostas. Portanto, ele terá uma nota menor do que um aluno que acertou as tarefas simples, mas falhou nas mais complexas (veja a figura abaixo).
Dois participantes deram 5 respostas corretas. Veja só como quem errou o mais fácil tirou nota menor do que o ouro que errou os difíceis
Reprodução/Inep
feedback oficial
Segundo o Inep, os cadernos de questões e os gabaritos oficiais serão publicados na próxima quarta-feira (23). Os materiais estarão disponíveis no portal do Inep.
reaplicação
Dos cerca de 3,4 milhões de inscritos, segundo dados preliminares do Inep, quase 2,5 milhões participaram da primeira prova, o que corresponde a uma abstenção de 26,7%.
O candidato que faltar ao Enem por motivo legítimo poderá solicitar a recandidatura, que deverá ser nos dias 10 e 11 de janeiro de 2023. Este direito só se aplica em determinadas situações, por ex. B. no caso de doenças infecciosas como a Covid-19. que devem ser comprovados pelos requerentes, ou problemas logísticos.
Mais informações sobre como solicitar a recandidatura ao Enem 2022 podem ser encontradas aqui.
Texto inicial do plug-in

Fonte: Fonte: G1 See More

Leave a Comment