Ex-2º Mundial Jucelio Torquato, de Itajaí, é convocado para o Campeonato Mundial de Cadeira de Rodas

O ADK Tennis do Itamirim Clube de Campo de Itajaí (SC) conta agora com dois atletas da seleção brasileira de tênis profissional em cadeira de rodas que disputarão o Mundial em Villamoura, Portugal, de 2 a 8 de maio.

Jucelio Torquato, 21 anos, ex-n° 2 do ranking mundial juvenil, tornou-se o novo atleta da Academia graças a uma parceria com a FMEL, Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí (SC).

Ausente das quadras por mais de um ano por conta da pandemia, ele voltou em 2021 com poucos torneios e começou a treinar com o técnico Patrício Arnold, um dos coordenadores do ADK Tennis, em fevereiro. E foi convocado pela primeira vez para a equipe profissional da categoria Open ao lado de Daniel Rodrigues, Rafael Medeiros e Bruno Makei.

“Muito feliz e cheio dessa vocação e muito grato por ter acreditado em mim mesmo para representar o Brasil”, disse o Itajaiense, que representou o Brasil em duas Copas do Mundo quando jovem.

Com um problema de encurtamento da perna de cinco centímetros e artrose no quadril, Jucelio começou no tênis de cadeira de rodas aos 12 anos, começou a competir aos 13 e após ajuste, aos 15 ganhou seus primeiros torneios. Em 2017 já disputou o Junior Masters, sendo os oito melhores do ano o campeão parapan-americano júnior em simples e duplas e terceiro no Mundial Juvenil, terminando o ano em segundo no ranking mundial. Ele se tornou profissional a partir de 2019 com o vice-campeonato em duplas e jogou apenas três torneios fora do Brasil em seu retorno em 2021.

“Treinei forte com Patrício Arnold e minha referência no esporte, ou seja, Ymanitu, um ídolo para mim, assim como Rafael Nadal no tênis convencional. Estou ansioso pelo torneio de Uberlândia e pela Copa do Mundo depois disso”, continuou.

Desde fevereiro vem treinando forte no ADK Tennis sob a orientação de Patrício Arnold e junto com o catarinense Ymanitu Silva. Muitos, como é conhecido, está atualmente entre os 10 melhores do mundo na categoria quadriciclo e vai liderar a seleção brasileira no Mundial, ao lado de Leonardo Pena e Augusto Fernandes.

“É um prazer defender meu país e minhas cores e levar nosso nome ao redor do mundo”, disse Ymanitu.

“Estamos muito felizes com a chegada de Jucelio, que é um grande talento do tênis em cadeira de rodas no país e vem de Itajaí. Chegou ao nosso time graças aos nossos esforços e FMELs nesta parceria que acreditam no seu sucesso e potencial. O ADK está dando mais um passo para se tornar um grande centro de tênis em cadeira de rodas, pois foi aqui que tivemos o melhor treinamento para os Jogos Paralímpicos do ano passado. Será uma mais valia para ele ter Ymanitu, uma grande referência nossa, para a sua carreira e também para o próprio Ymanitu ter um jovem tenista com potencial na parte de formação.




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave carne de frango crua


Leave a Comment