Família Bolsonaro dá tiro no pé e vai cair nas pesquisas após censura

ao assistir Notícias UOLo colunista de UOL Tales Faria falou sobre as possíveis consequências do pedido do senador Flávio Bolsonaro (PL) para censurar as reportagens do UOL sobre o uso de dinheiro em 51 dos 107 imóveis comprados pela família Bolsonaro nos últimos 30 anos. Para Tales, isso pode se refletir em pesquisas e eleições.

“Eles estão dando um tiro no próprio pé e isso vai se refletir ainda mais na campanha e em seus índices de opinião pública, vai cair ainda mais”, disse.

“Você pode ver pelas repercussões que é um tiro no pé politicamente. Um tiro no pé do juiz, academicamente, porque ele mostrou que não entende a constituição ou a censura, e é um tiro no pé.” politicamente pela família Bolsonaro porque eles não explicam essa compra de imóveis com dinheiro e vão atrair muito mais atenção”, acrescentou.

O colunista de UOL Ele também falou sobre a atitude da ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle, comprovando que não há explicação para as compras e de onde veio o dinheiro.

“Não tem explicação, ex-mulher de Bolsonaro, que também comprou uma casa bem acima do dinheiro dela, qual foi a explicação que ela deu? ‘Não tenho explicação para dar a ninguém’, é assim que eles veem.”

Maierovich: Censura legal prejudica eleitores e rasga a Constituição

“O estado constitucional democrático garante a liberdade de imprensa e o que aconteceu é censura, estamos enfrentando censura UOL Walter Maierovich.

Ele também afirmou que a decisão causaria danos irreparáveis ​​ao ocultar informações da população às vésperas das eleições. “Dói quando você tira informação, quando você deixa as pessoas vazias, com a mente em branco, mesmo na véspera da eleição. Ele rouba informações, então essa decisão é absolutamente errada, pois é contra a Constituição.”

Kotscho: A censura do UOL é o ponto baixo e parte da campanha para difamar a eleição

“O que aconteceu é muito grave, não é a censura de uma reportagem que eu não gostei e então o que está em jogo é a democracia brasileira. Escolha. Isso faz parte de um processo para obscurecer a eleição e não aceitar o resultado”, disse o colunista para UOL Ricardo Kocho.

Ele também explicou que o governo de Jair Bolsonaro (PL) passou a operar de forma desesperada com referência à vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na campanha presidencial.

“O governo há muito tempo opera em modo de desespero, sabendo que perderá a eleição. Toda essa onda que Bolsonaro fez com as Forças Armadas para fazer cálculos paralelos e interferir no processo eleitoral já é um absurdo.”

O Notícias UOL é transmitido de segunda a sexta-feira em três edições: 8h, 12h e 18h, sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 8h, 12h e 18h.

Onde ver: viver em casa UOL, UOL no YouTube e Facebook UOL. Veja o programa completo:

Leave a Comment