Foi a pior rodada de arbitragem do Brasileirão

A 13ª rodada do Brasileirão teve decisões arbitrais polêmicas, com reclamações sobre pênaltis para Corinthians x Goiás, Internacional x Botafogo, além do clássico entre Coritiba e Athletico-PR. No geral, a rodada com 52 cartões amarelos e 11 vermelhos entre os jogadores e a comissão técnica teve um número muito alto de cartões. Para se ter uma ideia, o número de desclassificações foi de 17% do total do campeonato.

No podcast Posse de Bola #238, Arnaldo Ribeiro analisa as reclamações e os números para chamar a rodada de pior árbitro do campeonato brasileiro até agora, ressaltando que a partida entre Atlético-MG e Flamengo é uma das poucas sem decisões polêmicas , liderado por Rafael Claus.

“Certamente foi o pior (árbitro), aquele que se pode contar. Talvez, tirando o grande jogo da rodada, Mineirão, Atlético-MG e Flamengo, o resto ou quase todo mundo teve essa vaga. Esse número é representativo. , não é por acaso que o melhor árbitro brasileiro esteve no Mineirão, então temos motivos para falar e isso não é coincidência”, diz Arnaldo.

“Os árbitros do jogo do Corinthians, principalmente do Botafogo, são ruins, Bráulio da Silva Machado é muito ruim, Sávio Pereira Sampaio, irmão de Wilton Pereira Sampaio que vai para a copa é muito ruim e Luiz Flávio de Oliveira do Atletiba, eu nem precisa falar”, acrescenta.

O jornalista também comenta as famílias na arbitragem brasileira com Savio Pereira Sampaio e Wilton Pereira Sampaio, este último selecionado para a Copa do Mundo no Catar, além de Luiz Flávio de Oliveira e Paulo Cesar Oliveira, que atualmente é comentarista de arbitragem da TV Globo.

“Tem dupla de árbitros, tem conjunto de árbitros. Luiz Flávio de Oliveira é irmão de Paulo César de Oliveira que se aposentou e está na Central do Apito. Savio Pereira Sampaio, irmão de Wilton Pereira Sampaio, dose dupla igual família, é difícil e os meninos são ruins”, conclui.

See also  Vagner Mancini lamenta empate entre América e MG: "Perdemos dois pontos" - 19/05/2022

Posse: quando e onde ouvir?

A gravação de posse às 9h das segundas e sextas-feiras, sempre com transmissão ao vivo pelo UOL ou nos perfis de UOL Esports nas redes sociais (YouTube, Facebook, etc.) tuitarr).

A partir do meio-dia o posse estará disponível nos principais agregadores de podcast. Pode ser ouvido, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e YouTube – este último também em vídeo. Mais podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Leave a Comment

x