“Fomos inteligentes e os justos vencedores”

Abel Ferreira em partida entre Palmeiras e SCCP, durante partida válida pela vigésima segunda rodada do Brasileirão 2022 em Itaquerão.
César Greco

Em entrevista coletiva, Abel também fez questão de destacar Wesley, que esteve envolvido no gol do Palmeiras

A vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o SCCP fora de casa na noite de sábado fez com que o time ampliasse a vantagem no campeonato brasileiro para nove pontos no início da rodada. Apesar do triunfo e da segunda colocação, o técnico Abel Ferreira acalmou a empolgação do Palmeira na coletiva pós-jogo.

“Você tem que conter a empolgação porque hoje estamos sendo tratados como os melhores, mas se não ganharmos um jogo amanhã seremos chamados de lixo. Vamos manter o foco, peço a todos, e continuar nosso caminho”, começou o comandante.

“Não ganhamos absolutamente nada. Jogamos do nosso jeito, somos competitivos e é isso que queremos, jogar com ousadia. O futebol consiste em vitórias, derrotas, elogios e críticas. Vivo uma vida equilibrada”, enfatizou.

O Palmeiras chegou aos 48 pontos, números que marcam a melhor temporada do clube até a 22ª rodada do Brasileirão na era dos pontos consecutivos. A equipe também tem o melhor ataque da competição (37 jogos sem gols) e a defesa menos vazada (14 jogos sem gols).

“Não me concentro em recordes. Nosso foco é melhorar a cada dia. Eu desafio os jogadores a serem a melhor versão de si mesmos. O resto é consequência. Este [os números no campeonato] Não se preocupe. O que me preocupa é que os jogadores gostam de jogar do nosso jeito e sempre podem jogar para vencer. Isso me deixa orgulhoso”, disse Abel Ferreira.

Abel analisa o confronto

Abel Ferreira em partida entre Palmeiras e SCCP, durante partida válida pela vigésima segunda rodada do Brasileirão 2022 em Itaquerão.
César Greco

Sobre o triunfo do Palmeiras na casa do rival, Abel destacou a inteligência dos atletas e viu o resultado final como justo.

“Jogamos em um estádio lotado e nossos jogadores merecem jogar em lugares tão lotados. Conseguiram impor o nosso jogo, defender bem e ter a bola. Fomos vencedores inteligentes e justos. Poderíamos ter vencido com mais, mas infelizmente o árbitro errou uma falta de Navarro que estaria na frente do gol”, explicou.

“O SCCP é um grande rival com excelentes jogadores e bem treinado por Vítor Pereira, que conheço muito bem. O primeiro tempo foi equilibrado, mas tivemos coragem de ir até a casa do adversário e lutar pela vitória. Tínhamos personalidade e calma para sair da pressão. Afirmámos o nosso jogo em muitos momentos do jogo”, acrescentou o treinador, que revelou a sua conversa com os atletas ao intervalo.

“Disse a eles que íamos ganhar esse jogo com os atletas chegando no segundo tempo, então não queria que ninguém [dos titulares] se economizou, foi para dar o melhor”.

Elogios a Wesley

Por fim, o dirigente ressaltou que mencionou Wesley e elogiou o camisa 11, que esteve diretamente envolvido no gol do Palmeiras no final da noite.

“Quero elogiar Wesley, que foi criticado por muitos. Isso é futebol, nem sempre estaremos no nosso melhor. Ele começou muito bem e esteve diretamente envolvido no gol. As pessoas gostam de individualizar as pessoas aqui, culpam-se e o futebol não é assim. Parabéns a ele por hoje, ele tem muito potencial se estiver focado, sério”, disse.

O Palmeiras só volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Flamengo no Allianz Parque.

Leave a Comment