FSB: Lula volta a crescer e amplia vantagem sobre Bolsonaro

As intenções de voto para o ex-presidente Lula (PT) voltaram a subir de acordo com a nova rodada de pesquisas do Instituto FSB divulgada nesta segunda-feira, 15. PT sobe 4 pontos percentuais face ao último inquérito, alcançando 45% da preferência do eleitor na votação atual. O resultado deu ao PT uma vantagem de 11 pontos percentuais sobre Jair Bolsonaro (PL), que estava estagnado com 34% das intenções de voto.

A pesquisa desta segunda-feira mostra uma retomada de Lula após diminuir a distância sobre Bolsonaro, que atingiu 7 pontos percentuais na pesquisa do FSB na semana passada.

O resultado desse segundo teste mostra que o ex-presidente conseguiu crescer além da margem de erro mesmo depois que Bolsonaro recuperou terreno em termos de popularidade graças ao aumento das atuações de Auxílio Brasil. O crescimento de Lula também vem na esteira da oficialização das cartas em defesa da democracia, que marcou um episódio de união contra os desabafos de Bolsonaro.

Os dados divulgados nesta segunda-feira pelo Instituto também mostram Ciro Gomes (PDT) em terceiro lugar com 8% das intenções de voto, 1 ponto a mais que no levantamento anterior. O pedestre é seguido por Simone Tebet (MDB), que somou 2%, 1 ponto a mais que no último levantamento. Os outros candidatos não pontuaram.

É importante notar também que Lula também cresceu na votação improvisada, onde nenhuma opção é apresentada ao eleitor. Nesse cenário, o ex-presidente passou de 38% das intenções de voto para 41%. Bolsonaro, por sua vez, somou 32%, 1 ponto a mais que na pesquisa anterior. Ciro manteve os mesmos 3%.

segunda rodada

Lula também aparece como favorito para vencer as eleições quando é necessário um segundo turno. O PT tem 53% das preferências dos entrevistados em uma disputa direta contra Bolsonaro, que responde por apenas 38%. O PT também venceria Ciro por 50% a 29% e derrotaria Tebet por 54% a 26%. Nos cenários monitorados sem a presença do ex-presidente, Ciro venceria Bolsonaro por 47% a 39% e Tebet superaria o ex-capitão em 42% a 40%.

A pesquisa foi encomendada pelo banco BTG Pactual e realizada entre os dias 12 e 14 de agosto com base em 2.000 entrevistas com eleitores brasileiros. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais com um nível de confiança de 95%. No Supremo Tribunal Eleitoral, o registro eleitoral é BR-00603/2022.

A pesquisa completa

Search-BTG-FSB-Rodada-09-15ago22-VERTICAL

Leave a Comment