Idosa cai em golpe alegando que pegou quase R$ 3 mil emprestados para ajudar um homem que conheceu por meio de um aplicativo de namoro

Uma moradora de 64 anos de Araçatuba, no interior de São Paulo, foi vítima de um golpe usado por uma pessoa que conheceu por meio de um aplicativo de namoro. A senhora contou ao G1 que havia emprestado dinheiro para ajudar o golpista que dizia morar na Inglaterra.

“Fiquei muito triste porque tive que pedir dinheiro emprestado para pagar os R$ 2.950. Então, quando ele pediu mais dinheiro, suspeitei que ele havia sido enganado, então fui à polícia”, disse ele.

De acordo com a mulher mais velha, o golpista não pediu nenhum dinheiro assim que os dois começaram a conversar. “Começa com conversas agradáveis ​​e agradáveis. Eu disse que se ele quisesse vir para o Brasil teria apoio e onde poderia ficar até se estabelecer, mas não achei que ele faria isso”, disse.

“Ele até enviou seu suposto endereço em Londres, seu nome, sua foto de identificação, seu cartão de serviço. Sabe quando tudo parece verdade?”, disse a mulher mais velha.

Segundo a vítima, ela não recebeu o dinheiro perdido de volta e não tem mais contato com o suspeito. A idosa também deixou um alerta importante para todas as mulheres. “Fiquei muito triste. Muita coisa está acontecendo e hoje em dia não podemos mais acreditar em ninguém. Este aviso é muito importante porque há muitas mulheres que colocam esses aplicativos. Houve muitas pessoas que me disseram para ter cuidado , mas só acreditamos quando caímos. Às vezes pensamos que é mentira, mas é uma realidade e dói muito”, acrescentou.

O crime

De acordo com o boletim de ocorrência, a idosa disse que estava conversando com o golpista no WhatsApp há cerca de um ano. O criminoso alegou que nasceu em Londres e trabalhava em uma cidade da Inglaterra, mas tinha planos de se mudar para o Brasil.

Segundo a vítima, o golpista disse que enviaria algumas malas para o endereço dela no Brasil, e ela resolveu ajudar. Ele pediu uma foto de sua identidade e a encaminhou.

Assim que o suspeito explicou que as malas haviam sido enviadas, uma pessoa se fez passar por funcionária do Aeroporto de Guarulhos e entrou em contato com a idosa para dizer que havia uma taxa de R$ 2.950 para liberar as malas. Pronta para socorrer o criminoso, a vítima fez um depósito bancário no valor especificado.

O suposto funcionário então exigiu novo pagamento de R$ 9.680, alegando que a mala continha muito dinheiro. Após a segunda acusação, o idoso suspeitou de uma possível fraude e foi à polícia. O caso está sob investigação.




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


Leave a Comment