IDR e Banco do Brasil promovem Semana de Energias Renováveis ​​– Diário do Sudoeste

Começou nesta segunda-feira (20) e segue nesta terça-feira (21) com a programação da Semana de Energias Renováveis, evento criado para promover o uso de formas sustentáveis ​​de produção de energia. A ação acontece entre 9h e 16h na Praça Presidente Vargas.

Segundo Marco Antônio da Silva Reis, coordenador regional de projetos do IDR-PR, um dos objetivos do evento é divulgar o programa Paraná Energia Rural Renovável (Renova PR), iniciativa do governo estadual que vai subsidiar a compra de energia fotovoltaica energia em imóveis rurais.

Apesar de estar disponível para todos os agricultores, um dos principais objetivos do programa é oferecer aos produtores rurais uma alternativa que se beneficie da tarifa noturna rural, que expirará no final de 2022. Este programa oferece 60% de desconto nas contas de serviços públicos para consumo entre 21h30 e 6h00. Segundo Reis, cerca de 10,4 mil agricultores paranaenses recebem esse subsídio.

Por meio da Renova PR, o governo subsidia o pagamento de juros sobre a conclusão do financiamento para compra e instalação de equipamentos de geração de energia fotovoltaica.

Para acessar o Renova PR, o agricultor deve buscar o IDR-PR com as contas de energia de suas propriedades emitidas pela mesma concessionária. Isso resulta em um cálculo da estrutura necessária para cobrir a necessidade de consumo através da geração fotovoltaica. “Temos uma lista com mais de 200 empresas credenciadas nesse programa por meio de edital do estado, incluindo as que estão aqui hoje. Essas empresas são capazes de entregar os painéis solares aos agricultores.

O agricultor escolhe a empresa de sua preferência e o IDR-PR ou empresa privada de assistência técnica realiza o plano de crédito.

See also  Adivinhe, REVEJA, HORÁRIOS POSSÍVEIS E ONDE ASSISTIR AO VIVO A SÉRIE BRASILEIRA A 2022, SÁBADO (11/06)

Na praça há uma exposição de empresas locais de sistemas fotovoltaicos cadastradas no programa, além de estandes do IDR-PR e do Banco do Brasil, onde é possível calcular a estimativa energética e o custo do projeto com base em uma estimativa energética. conta.

A programação também incluiu apresentações de projetos e relatórios de clientes, que voltam a ocorrer nesta terça-feira (21). Os agricultores, em particular, devem ser informados, mas as empresas também apresentam seus produtos a quem estiver interessado.

O público pode fazer simulações e conhecer produtos e serviços

De acordo com o Banco do Brasil, além de esclarecer as linhas de financiamento para o agronegócio com o objetivo de geração de energia, a semana também visa promover o uso de energias renováveis, em especial o biogás e a fotovoltaica.

Mercado

De acordo com representantes de vendas das empresas expositoras no evento, o mercado de módulos de geração de energia fotovoltaica está crescendo. Alex da Silva, representante da Energy Sol, calcula que o mercado cresceu pelo menos 40% nos últimos cinco anos. “A tendência é que isso seja dominante em cerca de 10 anos. A grande maioria das residências, indústrias e empresas já terá produção própria”, completa.

Silva analisa que esse crescimento está atrelado à diminuição do valor do investimento para aquisição de sistemas fotovoltaicos e ao aumento da oferta de crédito para este segmento.

Rafael Lopes, representante da E3 Energia Solar, vê uma crescente conscientização do público sobre a importância do uso de energias renováveis ​​e da proteção do meio ambiente além do fator econômico.

Cronograma

terça-feira (21)

Das 9h às 16h

Praça Presidente Vargas

Leave a Comment

x