iFood anuncia aumento de correios para evitar alta nos preços dos combustíveis

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O aumento entrará em vigor no dia 2 de abril. Profissionais ganham aumento de 50% no valor mínimo por quilômetro rodado e mais 13% no valor da distância mínima (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O iFood anunciou nesta sexta-feira (18) que reajustará a receita de todos os mais de 200 mil parceiros de entrega que prestam serviços por meio da plataforma. A partir de 2 de abril, o valor mínimo do trajeto passará de R$ 5,31 para R$ 6 e o ​​valor mínimo dos quilômetros percorridos aumentará em 50% de R$ 1 para R$ 1,50. Isso significa que o entregador que antes recebia pelo menos R$ 10 por uma entrega de 10 km, por exemplo, agora tem pelo menos R$ 15 à disposição.

+ Combustíveis: De quem é a culpa pela subida dos preços da gasolina e do gasóleo?

Devido às oscilações do cenário macroeconômico, esta é a terceira vez em quase 12 meses que o iFood promove reajustes para esses parceiros. Anteriormente, a empresa havia aumentado os lucros em abril e novembro de 2021.

Segundo Claudia Storch, diretora de logística do iFood, a empresa não poupou esforços para garantir a dignidade dos entregadores que utilizam a plataforma. “Nós ouvimos nossos parceiros e os entendemos. Estamos constantemente em busca de soluções que estimulem melhorias em nosso relacionamento e no trabalho diário de todos que trabalham com o iFood. Acompanhamos o mercado e sabemos nosso papel em gerar cada vez mais oportunidades para o ecossistema em que atuamos. Revisamos, recalculamos e organizamos processos para aumentar os rendimentos e minimizar o impacto da alta dos preços no país em um cenário econômico difícil atualmente”, disse.

De acordo com as previsões da empresa, mais de R$ 3,2 bilhões serão repassados ​​aos parceiros nos próximos 12 meses. O ajuste se aplica aos correios de todos os modos de transporte e não há critérios de elegibilidade.

See also  Telecine estreia sinal com operadoras e dentro da plataforma Globoplay

“A questão da receita é urgente devido à inflação e ao aumento dos preços dos combustíveis. Desde 2021 temos visto os correios gastarem mais com o que fazem, ou seja, combustível e manutenção, e perderem poder aquisitivo devido à inflação. Por isso, quisemos fazer um reajuste expressivo”, finaliza Claudia.


Saber mais

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com acertos de frutas

+ Vídeo: Mãe é agredida nas redes sociais por usar roupa apertada para levar o filho à escola
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ O que se sabe sobre a Fluorona?
+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais
+ ‘Monster Ichthyosaur’ é descoberto na Colômbia

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado
+ Veja quais carros foram mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave carne de frango crua


Leave a Comment

x