Incorporadora imobiliária de luxo investe 130 milhões no Barreiro

Depois de desenvolver quatro projetos residenciais de luxo em Lisboa, a Solid Sentinel da Suíça decidiu atravessar o Tejo para criar um “novo Barreiro”. O promotor imobiliário investirá 130 milhões de euros em um projeto de nove prédios e 518 apartamentos que incluirá todas as comodidades atualmente exigidas pelos investidores. Varandas, terraços, áreas comuns com piscina e pista panorâmica de cooper, eficiência energética, estações de carregamento para veículos elétricos, qualidade dos materiais e arquitetura, entre outros. Alain Gross, CEO da empresa, quer qualificar Nooba (nome do novo empreendimento) como a “génese de uma revolução” que transformará o Barreiro, outrora vila piscatória e depois vila industrial e operária, numa nova referência para aqueles que quem quer viver na periferia, mas a dois passos do centro de Lisboa.

O projeto está pensado para cerca de 1500 residentes e não será o único que o promotor irá desenvolver na zona sul do Tejo. Como acrescenta, “decidimos voltar a nossa atenção para áreas que consideramos subvalorizadas mas com elevado potencial, como é o caso da Margem Sul”. O gestor destaca que o Barreiro tem todos os requisitos para um estilo de vida saudável: a tranquilidade de uma pequena vila que dispõe de todos os serviços essenciais, infraestruturas verdes, proximidade ao mar e constantes ligações de ferry para a capital. É “uma solução para um estilo de vida mais sustentável, não só do ponto de vista ecológico, mas também do ponto de vista social e familiar”, que permite “momentos de diversão e fuga”. E a todos estes atributos, Alain Gross acrescenta o preço da habitação, que garante ser 40 a 50% mais barato do que no centro de Lisboa.

See also  forZe vs. Outsiders – PGL Major Antuérpia 2022 – Prognóstico 11/05/2022

O vice-presidente da Câmara do Barreiro, Rui Braga, não tem dúvidas de que este investimento representa “uma viragem na oferta habitacional” da cidade que vai ajudar a “mudar o preconceito” que ainda impera nesta área. Porque “escolher o Barreiro para viver é uma escolha acertada”, salienta o autarca, salientando que a cidade melhora e investe todos os anos nas suas infraestruturas para poder responder ao crescimento populacional. Como salienta, a cidade já está vocacionada para uma população de 90 mil habitantes, contra cerca de 80 mil atualmente, e a oferta escolar é capaz de responder a futuros aumentos populacionais.

Rui Braga lembra ainda que o programa para os próximos quatro anos inclui a construção de um novo centro de saúde, uma piscina municipal e um teatro, a abertura de mais uma esquadra da PSP, melhorias nas vias de comunicação e estradas principais e o início da a reabilitação da zona histórica. Investimentos que podem trazer o Barreiro para outros projetos habitacionais para além da aposta do Solid Sentinel. “Nooba incentiva outros promotores de projetos a escolher a cidade para investir. Tenho certeza de que o Barreiro será discutido em um futuro próximo”, diz.

65% dos residentes serão nacionais

O Nooba, que ocupará mais de 98.000 metros quadrados na frente ribeirinha da cidade, será desenvolvido em seis fases ao longo de um período de seis a oito anos. Para já terá início a construção dos dois primeiros edifícios com um total de 127 apartamentos, cuja data de entrega já está prevista para 2024. Segundo Alain Gross, as tipologias vão do T1 ao T5, com áreas entre os 60 e os 60.247 metros quadrados, com preços a partir dos 189 mil euros. O empreendimento também terá sua estrela: uma casa de cinco quartos com terraço de 280 metros quadrados e piscina privativa. Para comprar esta joia da coroa, são necessários 1,29 milhões de euros.

See also  Mais de 2.000 pessoas já participaram das audiências públicas da Nova Ferroeste

Leave a Comment

x