IRPF 2022: Cinco dias antes do prazo, ver comunicado | O negócio

Receita espera receber 5,1 milhões de declarações até terça-feira
Reprodução: ACity ON

Receita espera receber 5,1 milhões de declarações até terça-feira

O prazo para entrega da declaração de imposto de renda anual de 2022 preenchida é nesta terça-feira, às 23h59. O Internal Revenue Service espera receber 34,1 milhões de declarações, mas 5,5 milhões de contribuintes ainda não apresentaram uma declaração, de acordo com a última contagem da agência.

Mesmo quem não conseguiu reunir todos os documentos para preencher a declaração deve apresentá-los dentro do prazo para evitar o pagamento de multa e retificá-los posteriormente. O relatório reuniu os principais pontos para auxiliar o contribuinte a fazer a declaração nesta seção final. Confira abaixo:

Há duas grandes novidades este ano. A primeira é a opção de pagar o Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF) ou receber a restituição pelo Pix.

A segunda é estender o uso da declaração pré-preenchida em todas as plataformas para contribuintes com contas gov.br nível ouro ou prata. Anteriormente, esse serviço estava disponível apenas para quem preenchia online pelo e-CAC ou para solicitantes com certificado digital.

Quem deve declarar?

Não houve reajuste na tabela e os valores permanecem os mesmos: quem recebeu mais de R$ 28.559,70 de lucro tributável em 2021 deve declarar o IRPF; R$ 40.000 em rendimentos isentos de impostos, não tributáveis ​​ou apenas retidos na fonte; ou que possuíam bens em seu nome avaliados em mais de R$ 300.000 em 31 de dezembro de 2021, tais como B. um apartamento ou um carro.

Deve também indicar quem realizou negócios na bolsa de valores e quem auferiu uma renda bruta anual relacionada à atividade rural superior a R$ 142.798,50.

Quais documentos são necessários?

Para agilizar o processo de preenchimento, a orientação é coletar os documentos com informações relevantes para o imposto de renda.

São eles: relatórios de rendimentos de instituições financeiras; Relatórios de renda fornecidos por todas as fontes pagadoras para o ano-base 2021; relatórios recebidos de pessoas jurídicas sobre rendas de aluguel de bens móveis e imóveis; Comprovante de despesas com educação pessoal ou dependente.

See also  Publicidade imobiliária - o que é e como funciona?

Recibos ou contas de despesas de saúde também são relevantes; comprovante de pagamento da pensão complementar; Comprovante de pagamento de pensão alimentícia, se for o caso; entre outros. Além disso, é necessário ter documentos pessoais como CPF e título de eleitor.

Quem perdeu a declaração pode recuperá-la por meio do portal e-CAC (Centro Virtual de Atendimento), plataforma de atendimento ao fisco, desde que possua certificado digital ou nível prata ou ouro no portal gov.br.

Anteriormente, uma cópia da declaração podia ser obtida no e-CAC usando a senha do portal, certificação digital ou conta gov.br com qualquer status, inclusive bronze. A mudança visa dar mais segurança aos dados sensíveis dos declarantes, de acordo com as regras do Código Geral de Proteção de Dados (LGPD).

O auxílio emergencial é devolvido ao IR?

Diferentemente do ano anterior, não há regulamentação legal para a devolução do auxílio emergencial ao Imposto de Renda por meio da criação de Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF).

Se você estiver em uma situação irregular, por exemplo. B. Se você recebeu o benefício concomitantemente ao emprego formal, a pessoa deve devolvê-lo pelos canais da Secretaria de Cidadania.

No entanto, se o recebimento do auxílio estiver dentro da regulamentação, não há necessidade de devolução do dinheiro aos cofres públicos de forma alguma.

Os beneficiários do auxílio emergencial só são obrigados a se apresentar ao Leão se tiverem auferido renda adicional que, somada ao empréstimo federal, ultrapasse R$ 28.559,70. Ou seja, se o autônomo tiver recebido sete parcelas do auxílio e tiver renda mensal superior a R$ 2.292, ele deverá enviar o IRPF.

Como declarar parentes?

O dependente pode ser filho, enteado, pai, mãe, companheiro ou pessoa de quem o contribuinte tenha a guarda definida pela Secretaria da Fazenda Federal e com direito a abatimento de R$ 2.275,08 no imposto devido na modalidade integral.

See also  Como fazer bolos de caneca sem erros! Confira esta receita incrível

Acesse o canal Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as novidades do dia. Acompanhe também o perfil geral do portal iG

O dependente não precisa apresentar declaração de IRPF própria, pois ela já está incluída na de outra pessoa. No entanto, sua renda deve ser adicionada.

Vale lembrar que a idade máxima para inclusão de filhos ou enteados é de até 21 anos, ou até 24 anos se cursando ensino médio ou técnico.

Por exemplo, no caso de casal, o dependente precisa constar na declaração de apenas um deles, fornecendo o número do CPF.

Como são explicadas as despesas médicas?

As despesas médicas sempre acompanham o CPF ao qual estão associadas. Isso significa que se os custos foram decorrentes de consultas que seu marido realizou, eles devem ser incluídos na declaração dele, mesmo que você tenha pago esses custos.

Testes para detecção do coronavírus realizados em hospitais, clínicas e laboratórios em 2021 poderão ser deduzidos do imposto de renda este ano desde que o contribuinte guarde o comprovante de pagamento.

Essas despesas devem ser inseridas na ficha de Pagamentos Efetuados com o código 21 – Hospitais, Clínicas e Laboratórios no Brasil.

No entanto, os testes de farmácia não podem ser incluídos no IRPF 2022.
Todos os recibos devem ser guardados por até cinco anos, prazo máximo para acionar a Receita Federal para esclarecimentos.

Como declarar lucro na venda de carros?

Dada a escassez de peças no mercado primário, muitos carros usados ​​foram estimados em 2021, segundo a tabela da Fipe. No entanto, o valor do carro não pode ser alterado na folha de bens e direitos.

Quais investimentos são declarados?

No entanto, se o carro foi vendido por mais de R$ 35.000 em 2021 e houve ganho de capital, o imposto de lucro de 15% deve ser calculado e o imposto pago. Isso não é feito diretamente pelo programa do IRPF, mas pelo GCAP disponível no site da Receita.

See also  Recuperação de conta do Instagram: saiba como

Quem investiu qualquer valor no câmbio é obrigado a declarar o IRPF. Por outro lado, outros contribuintes que são obrigados a apresentar a declaração, mas não possuem ações, devem informar seus outros investimentos, como renda fixa, fundos mútuos, fundos imobiliários, poupança, ETFs, investimentos no exterior e até criptomoedas. .

O contribuinte deve solicitar os relatórios aos bancos ou corretoras com quem investe.

Quando devo declarar o aluguel?

Uma pessoa que possui e aluga um imóvel e aufere rendimentos do imóvel é obrigada a declarar o valor calculado à Receita Federal.

Se o inquilino for pessoa física, os valores recebidos do proprietário devem ser informados na aba ‘Rendimentos tributáveis ​​PF/acima’ em ‘Outras informações’, depois em ‘Rendas’ e depois em ‘Aluguéis’, discriminados mensalmente.

No entanto, se o aluguel for feito por meio de administradora ou corretora, por exemplo, os valores devem ser lançados como “Rendimentos tributáveis ​​de pessoas jurídicas”. Eventuais retenções de IRPF feitas pela empresa também podem ser adicionadas.

Todo empréstimo deve ser declarado?

Nem todos os empréstimos precisam ser declarados: as exigências fiscais federais só se aplicam a contratos com valor igual ou superior a R$ 5.000. Isso também se aplica a cheques especiais, cartões de crédito ou descontos salariais.

Qual é o cronograma de reembolso?

Se for o caso, basta colar as informações na aba Dívidas e Encargos Reais e especificar quem é o credor – financeiro ou banco. Na coluna “Discriminação”, devem ser preenchidos detalhes como CPNJ da instituição e valor da dívida.

Os reembolsos serão pagos aos elegíveis em cinco lotes entre 31 de maio e 30 de setembro.

Pessoas idosas, pessoas com doenças graves e pessoas com deficiência física ou mental têm prioridade.
Entre outras coisas, a ordem de entrega é definida: quanto antes enviar o IRPF, mais cedo receberá o crédito, se for o caso.

Leave a Comment

x