Mini horta: solução para cultivo em pouco espaço – GAZ

Os novos hábitos de promoção da saúde estão cada vez mais presentes no cotidiano dos brasileiros. Isso inclui o cultivo de plantas em pequenas áreas no pátio e até em apartamentos. O movimento floresta urbana (Urban Jungle) faz parte dessas ações que envolvem maior contato com a natureza. É um estilo de decoração que inclui plantas e elementos naturais nos interiores, através de vasos, prateleiras, caixas de madeira, cestos, entre outros.

Nesse contexto, o ato de semear o próprio alimento ganhou força e passou a ser amplamente compartilhado nas redes sociais com vídeos Faça Você Mesmo (DIY), que significa “faça você mesmo” em português, vidas e passo a passo como cuidar de especiarias, legumes e verduras. E para produzir seu próprio alimento, não é necessário ter muito espaço. Além disso, não há nada melhor do que adicionar algo fresco ao almoço ou jantar.

LEIA TAMBÉM: Você pode viver sem sacolas plásticas? Veja práticas sustentáveis ​​em Santa Cruz e em todo o mundo

Mas ter uma horta em casa, mesmo que pequena, exige tempo, cuidado e dedicação. Para implementar este projeto, o mercado oferece elementos essenciais para a otimização do espaço. Os suportes verticais, de parede e de piso, as estruturas de piso e jardim suspenso são os preferidos para iniciar o projeto saudável.

Segundo o supervisor da Agro Comercial Kist & Heemann, Lúcio Reis, é possível cultivar de ervas a hortaliças em um espaço pequeno. Ele também reitera a importância de se atentar à sazonalidade. Na estação fria, algumas opções são repolho, alface, alho, cebola, beterraba, couve-flor e brócolis. Os meses quentes são favoráveis ​​para tomates, pimentões, morangos, abóboras, cenouras, vagens, pimentões e morangos. Especiarias como cebolinha, salsa, manjericão, tomilho e alecrim podem ser plantadas durante todo o ano.

LEIA TAMBÉM: Comida que vem do telhado: Moradora do bairro Ana Nery mantém horta no telhado da casa

See also  dia do turista; Veja o que fazer em Floripa no inverno

Manter uma mini horta tem muitos benefícios. Além de comer algo bom, o cultivo pode se tornar um passatempo e para algumas até atividades terapêuticas. Estudos mostram que quem trabalha com plantas e solo experimenta melhorias na saúde física e mental. Vamos entender como criar uma horta em casa.

Como iniciar uma mini horta

  • lugar adequado – Em geral, as espécies de minijardim devem ficar expostas ao sol por pelo menos três a quatro horas por dia. Por isso, é importante avaliar o local onde será realizado o plantio quando houver luz natural.
  • preparar o terreno – Outro fator que afeta diretamente a saúde da planta é o tratamento do solo. “Fertilizantes e esterco são alimentos vegetais. Através deles você pode corrigir o pH do solo. Recomendamos também o uso de calcário para reduzir a acidez do solo”, explica Lúcio. Quando insetos, lagartas, formigas aparecem, um inseticida pode ser aplicado. A cada novo plantio, é importante movimentar o solo para que as raízes se desenvolvam melhor.
  • irrigação – A água é um elemento vital para todos os seres vivos, e o mesmo vale para especiarias e vegetais. Nesse sentido, a irrigação deve ser bem controlada. Nos dias mais quentes, é importante regá-los todos os dias. No inverno, a frequência reduz a cada três ou quatro dias ou quando se nota solo seco.
  • Lugar, colocar – Uma das vantagens deste tipo de plantio é, sem dúvida, a utilização de pequenas áreas. Portanto, algumas especiarias podem ser plantadas e combinadas com outras espécies sem atrapalhar o crescimento das demais. Algumas variedades que podem dividir espaço são manjericão e tomate; alface e cenoura; Alecrim, sálvia e tomilho, entre outros.

LEIA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO PORTAL GAZ

See also  Guerra Rússia-Ucrânia, ao vivo: últimas notícias do conflito e minuto a minuto

Quer receber as notícias mais importantes de Santa Cruz do Sul e região diretamente no seu celular? Então faça parte de nós canal no telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Não é folha de assinatura? Clique aqui e inscreva-se!

Leave a Comment

x