O prazo de atualização do CadÚnico é 12 de agosto; Veja como é feito

Mais de 5 milhões de famílias terão que concluir a atualização cadastral do CadÚnico nas próximas três semanas. O Ministério da Cidadania prorrogou os prazos para os beneficiários intimados para revisão e verificação cadastral para atualização das informações no cadastro da unidade.

A divulgação de um novo horário foi motivada pelas enormes filas que estão sendo registradas nos postos CadÚnico em todo o país. Com o anúncio da valorização do Auxílio Brasil para R$ 600, a demanda por serviços relacionados ao registro cresceu em ritmo acelerado. Em vários estados, os beneficiários ficam até tarde na fila para atendimento.

De acordo com a Secretaria de Cidadania, mais de 8 milhões de famílias serão intimadas para completar a atualização cadastral. Cerca de 5,1 milhões deste grupo foram convocados para o procedimento de investigação oficial, o restante tem que realizar a investigação oficial.

O que é o Exame e Investigação CadÚnico Cadastral?

O processo de atualização cadastral do Cadastro Único consiste em duas etapas: verificação cadastral e verificação cadastral.

As famílias que não atualizam seus registros do CadÚnico há mais de dois anos são convidadas a realizar a revisão cadastral. O processo de revisão será escalonado e este ano apenas as famílias que atualizaram os dados pela última vez em 2016 ou 2017 serão convidadas.

Caso as informações fornecidas no cadastro não sejam alteradas, o familiar responsável poderá atualizar o cadastro diretamente no aplicativo do Cadastro Único, confirmando-o.

O prazo para a realização da auditoria cadastral terminaria em 15 de julho e foi prorrogado até 14 de outubro.

Por outro lado, caso haja necessidade de correção de informações, será necessário agendar atendimento presencial em um posto do CadÚnico para nova entrevista de atualização cadastral.

See also  Aprenda a fazer frango frito Sadia fácil

Neste caso, a família responsável deve trazer alguns documentos para atualizar o arquivo familiar. Confira neste post os documentos necessários para atualizar o CadÚnico.

O processo de investigação cadastral é mais complexo e envolve a verificação das informações do CadÚnico em relação a outros bancos de dados do governo federal. As famílias são convidadas para este processo se houver alguma discrepância após a reconciliação de dados realizada pela Secretaria de Cidadania.

As famílias identificadas com as seguintes inconsistências foram selecionadas para o levantamento cadastral do CadÚnico:

AUDIÊNCIA 1: Famílias com renda acima de meio salário mínimo (R$ 606,01) e cadastro atualizado;
AUDIÊNCIA 2: Famílias com renda acima de ½ salário mínimo (R$ 606,01) e cadastro desatualizado; ou
AUDIÊNCIA 3: Famílias com renda acima da linha de pobreza (R$ 210,01) até ½ salário mínimo (R$ 606,00), com cadastro atualizado e renda diferenciada há pelo menos 6 meses.

O prazo para o processo de investigação cadastral expirou em 10 de junho e foi prorrogado até 12 de agosto.

Também está em andamento o processo de Focalização Auxílio Brasil, que verificará as informações cadastrais das famílias beneficiárias do programa que, segundo outros órgãos do governo, possuem renda acima da linha de emancipação (R$ 525) e abaixo de meio salário mínimo. (R$ 606) por pessoa.

Como sei se preciso atualizar o Cadunico?

Com o aplicativo Cadastro Único, as famílias cadastradas podem verificar se seus dados estão atualizados e se foram convocados para realizar o levantamento cadastral ou auditoria cadastral do CadÚnico.

Para os beneficiários do Auxílio Brasil, o governo também envia avisos sobre o extrato de pagamento do benefício e sobre a aplicação do programa. Aqueles que participam do programa de desconto na conta de luz receberão uma notificação de atualização da conta de luz.

See also  Horóscopo do dia: Descubra o que o seu signo do zodíaco revela para hoje, domingo (6 de dezembro) - Zoeira

Importante: No momento da consulta, a família deve estar atenta, pois pode ser solicitada a realização de ambos os procedimentos. Quando solicitada a atualização dos dados (verificação), a família também apresenta inconsistências nas informações submetidas ao cadastro da unidade e também é envolvida no processo de investigação cadastral. Para regular o status do registro, as questões em aberto de ambos os processos devem ser resolvidas.

É possível atualizar o cadastro pelo aplicativo?

As famílias que forem convocadas para a investigação cadastral não poderão realizar a atualização cadastral mediante confirmação no aplicativo CadÚnico. Os titulares desse grupo devem entrar em contato pessoalmente com um ponto de atendimento ou departamento responsável na prefeitura para atualizar os dados.

Caso o cadastro não seja atualizado no prazo estabelecido, a família poderá perder os benefícios do Auxílio Brasil e da Tarifa Social de Energia Elétrica ou ser excluída do Cadastro Único caso as informações pendentes não sejam resolvidas ao final do processo de cadastro.

Leave a Comment

x