O príncipe Charles e Jimmy Savile estavam trabalhando juntos? – Filme Diário

Um novo documentário da Netflix sobre o notório pedófilo e apresentador da BBC Jimmy Savile inclui uma revelação chocante sobre o príncipe Charles. O documentário postula que o príncipe de Gales procurou o conselho de relações públicas de Jimmy Savile para o bem da família real. Esta informação foi descoberta em uma série de cartas trocadas entre os dois.

O príncipe Charles aparentemente recebeu dicas de Jimmy Savile sobre como lidar com escândalos de alto nível, bem como seus próprios discursos públicos. Em uma das cartas do príncipe Charles da década de 1990, o nobre elogiou Jimmy Savile por ser: “tão bom em entender o que faz as pessoas operarem.” A maldita correspondência não parou por aí.

Por muitos anos, Jimmy Savile foi uma figura pública amada que trabalhou como apresentador de televisão. No entanto, quando Savile faleceu em 2011, centenas de sobreviventes de abuso sexual vieram a público com histórias das ações horríveis do apresentador. Savile havia se escondido atrás de seu trabalho de caridade e hospital para evitar processos. Agora, a atenção se voltou para o príncipe Andrew.

Jimmy Savile e o culto da personalidade

A nova série documental da Netflix Jimmy Savile: uma história de terror britânica examina como o apresentador da BBC escapou de tantos crimes sexuais. Mais especificamente, a série aponta como Savile tinha conexões com a classe dominante britânica, mais notavelmente a ex-primeira-ministra Margaret Thatcher e a família real britânica.

Um dos pontos focais do documentário é a correspondência que o príncipe Charles teve com Jimmy Savile nos anos 80 e 90. Essas cartas foram coletadas por Savile, às quais ele respondeu com conselhos de relações públicas para o príncipe de Gales. Na mesma carta mencionada acima, o príncipe Charles chamou Savile de “maravilhosamente cético e prático”.

See also  A série da Netflix México que roubou a atenção nesta quinta-feira, 17 de março

O príncipe continuou perguntando:Você pode dar uma olhada neste rascunho e me dizer como podemos atrair melhor as pessoas nesse quesito?” Em outra carta, o príncipe Charles agradeceu a Jimmy Savile por sua assistência em um discurso em 1991. A carta dizia: “Foi realmente muito gentil da sua parte se dar ao trabalho de juntar aquelas notas esplêndidas.”

O aristocrata continuou, “eles me deram bastante alimento para pensar. Com renovados e sinceros agradecimentos. Sempre seu, Charles. Dentro Jimmy Savile: uma história de terror britânicaas cartas são apresentadas pela biógrafa de Savile, Alison Bellamy, que revelou no documentário que Savile parecia ser um “conselheiro-chefe informal” do príncipe Charles na época.

Um pedófilo puxando as cordas

As cartas revelam que Jimmy Savile ofereceu consultoria ao príncipe Charles sobre como reagir a grandes incidentes públicos, que começaram cerca de um mês após o atentado de Lockerbie. Savile até sugeriu que a Rainha deveria ser, “avisado com antecedência de qualquer ação proposta de membros da família.”

Jimmy Savile também propôs que a família real tivesse uma sala de incidentes com várias linhas telefônicas caso um escândalo vazasse para o público. O príncipe Charles escreveu de volta a Savile: “Anexo uma cópia do meu memorando sobre desastres, que incorpora seus pontos e que mostrei ao meu pai, e ele o mostrou a Sua Majestade”.

Em um caso diferente, o príncipe Charles supostamente escreveu para Savile e perguntou se o apresentador da BBC se encontraria com a duquesa de York, cunhada de Charles. O príncipe de Gales disse que ela poderia ser ajudada por “um pouco do seu bom senso direto”. O príncipe Charles foi abordado para comentar esta informação condenatória.

See also  Onde transmitir sem HBO-Max? – Filme Diário

A família real já está se recuperando de revelações perturbadoras envolvendo o príncipe Andrew e Jeffrey Epstein, outro pedófilo condenado. As cartas divulgadas em Jimmy Savile: uma história de terror britânica servirá apenas para aprofundar a desconfiança do público em relação à classe dominante britânica.

Em uma nova série documental da Netflix, é revelado que o príncipe Charles escreveu cartas ao pedófilo Jimmy Savile sobre como lidar com relações públicas. O que você acha de Jimmy Savile: uma história de terror britânica? Deixe-nos saber na seção de comentários.

Leave a Comment

x