Paraná está criando programa para receber cientistas ucranianos

O governo do Paraná, estado que concentra a maior comunidade de imigrantes ucranianos no Brasil, lançou um programa para receber cientistas ucranianos. O objetivo é abrir espaço para o recrutamento de cientistas de universidades ucranianas e trazê-los para universidades paranaenses por um período de até dois anos.

O Governo do Paraná espera receber até 50 pesquisadores doutores que estejam trabalhando ou tenham trabalhado no desenvolvimento de projetos de pesquisa. A ideia é possibilitar também uma expansão nas universidades do Paraná.

O programa é implementado pela Fundação Araucária, vinculada à Supervisão Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Os candidatos interessados ​​devem enviar propostas de até duas páginas em ucraniano, português ou inglês, informando a intenção do projeto, de acordo com o governo do Paraná. Eles também devem enviar um vídeo de até três minutos explicando o que desejam desenvolver. O vídeo pode ser gravado com o próprio celular.

Os pesquisadores receberão bolsa de R$ 10.000,00 na categoria Professor – Visitante Especial (PVE). Há uma sobretaxa de R$ 1.000,00 para cada dependente menor de 18 anos e/ou maior de 60 anos, com no máximo três sobretaxas de R$ 1.000,00 para cada pesquisador selecionado.

Além da bolsa, a Fundação Araucária oferecerá ao selecionado e seus dependentes, se houver, passagens aéreas para entrada no Brasil e retorno à Ucrânia. O programa Paraná Fala Idiomas oferece cursos gratuitos de português como idioma adicional.

Segundo o governo do estado, o Paraná concentra cerca de 80% de todos os imigrantes ucranianos no Brasil. “Estruturar uma ação para acolher aqueles que tanto contribuíram para o desenvolvimento do estado foi identificado como uma prioridade”, disse o governo estadual.

A imigração ucraniana está concentrada na região centro-sul do Paraná, onde o percentual de imigrantes pode chegar a 75% da população residente em algumas cidades.

See also  Quais séries são compatíveis com os signos do zodíaco Áries, Touro e Gêmeos?

As informações sobre o programa são disponibilizadas aos cientistas ucranianos por meio da Fundação Araucária, da Embaixada da Ucrânia no Brasil, do Ministério das Relações Exteriores, da Humanitas e das Universidades do Paraná, da Agência das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), da Federação Brasileira de Educação Internacional (Faubai) e caridade. Há também um e-mail para mais informações: internacionalizacao@fundacaoaraucaria.org.br


Saber mais

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com acertos de frutas

+ Vídeo: Mãe é agredida nas redes sociais por usar roupa apertada para levar o filho à escola
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ O que se sabe sobre a Fluorona?
+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais
+ ‘Monster Ichthyosaur’ é descoberto na Colômbia

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado
+ Veja quais carros foram mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave carne de frango crua


Leave a Comment

x