Pela Copa do Brasil, Altos surpreende, vence o Sport e avança para a próxima fase

Fazendo sua estreia pela Copa do Brasil, o Sport sabia que a vida não seria fácil diante do Altos na noite desta quarta-feira, não no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. E eu não era diferente. Apesar de garantir um empate sem gols na fase inicial, não no segundo tempo, Betinho tentou marcar para o Jacaré, gol que garantiu a vitória por 1 a 0, além da classificação do Jacaré sobre o Leão.




Altos melhor não duelou contra o Sport, pela primeira fase da Copa do Brasil (Foto: Anderson Stevens/Sport)

Altos melhor não duelou contra o Sport, pela primeira fase da Copa do Brasil (Foto: Anderson Stevens/Sport)

Foto: Lance!

Com sua vaga garantia para a próxima fase, ou tempo comandado por Carlos Rabello, ele terá que esperar pelo adversário que sairá do duelo entre Costa Rica-MS e ABC.

SPORT PRESS NO START

Sabendo que o Altos viria para o jogo pronto para surpreender, ou o Sport não queria saber do adversário rondando sua área em nossos primeiros lances. Com isso, antes dos dois 5 minutos, jogou pela primeira vez em seu campo de ataque com Luciano Juba finalizando, pois a bola terminou em dois longos gols.

Empatei dois 10, apesar de Jacaré ainda se arriscar na expectativa de encontrar sua barraca. Enquanto isso, foi Leão quem ainda criou as melhores chances, mesmo pressionando a bola do adversário.

DONOS DA CASA CRESCEM NO JOGO

Apesar da forte pressão, Altos manteve a calma e conseguiu equilibrar as coisas por alguns anos. Além de jogar mais tempo com bola, mijei por dois de 20 minutos, ele passou a dizer as ações, assustando o goleiro Maílson que atacava de todos os lados do campo.

Com o passar do tempo, o duelo tornou-se mais equilibrado como duas vezes dispostos a tirar vantagem, ainda que mínima, para os figurinos. Nesse meio tempo, amarrei os dados aumentados para a arbitragem, poucos foram o lances de perigo, com exceção de Pedro Naressi, que acabou perdendo a chance de abrir contagem após erro na bola fora de seu rival.

FAIXA ALTA OU MARCADOR ZERO DO EM TERESINA

Como Sport garantia sua imprecisão, Altos sabia que ou o tempo seria mais um obstáculo na etapa final. Apesar das substituições promovidas por ambos os treinadores, o panorama em campo foi de total equilíbrio aos dois 15 minutos, com oportunidades criadas tanto de um lado como do outro.

Aos 18 minutos, quando Carlos Rabello optou por trocar mais uma vez, o atacante Betinho deixou o clube local torto e explodiu de alegria. Após o jogo de Dieguinho pela direta, o atleta comandou dentro da área encontrando seu companheiro de equipe que, mesmo caído, completou ou fundou as redes.

SPORT VAI PARA TUDO OU NADA

Como resultado parcial, Gustavo Florentín sabia que a situação da época era favorável a Altos. Sendo assim, passou a recrutar seus substitutos em sequência, visando aumentar seu poder ofensivo atrás do empate que não o classificaria para a próxima fase.

Feitas as trocas, ou Leão foi com força total para o ataque. Entretanto, mesmo com 6 minutos de acréscimo, o time pernambucano acabou não conseguindo passar pela defesa rival, que com certeza seria o resultado da partida final do árbitro com o retorno direto de dois jogadores e a ação torta de Altos não Lindolfo Monteiro.

FICHA TÉCNICA

ESPORTE 1×0 ALTO

Data e hora: 02/03/2022, às 19h (de Brasília)

Local: Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina (PI)

Juiz: Luiz Cesar de Oliveira Magalhães (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Eleutério Felipe Marques Junior (CE)

Cartões Amarelos: Sabino, 18’/1ºT; João Carlos, 34’/1ºT; Parraguez, 14’/1ºT; Pedro Naresi, 18’/2ºT; Marcelo, 36’/2ºT; Ewerthon, 43’/2ºT; Dico, 46’/2ºT; Vinícius Leandro, 49’/2ºT; Netinho, 50’/2ºT

Metas: Betinho, 18’/2º T (1-0)

ALTO: Marcelo; João Carlos (Júlio Ferrari, sem intervalo), Mimica, Lucas Souza e Dieyson; Sousa Tibiri, Marconi e Dieguinho (Netinho, anos 24’/2ºT); Eliélton (Dico, 34’/2º T), Betinho (Vinícius Leandro, 35’/2º T) e Manoel.

(Técnico: Carlos Rabelo)

ESPORTE: Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Lucas Hernández (Vanegas, anos 26’/2ºT); Willian Oliveira, Luciano Juba (Bruno Matias, anos 42’/2ºT) e Pedro Naresi (Denner, anos 33’/2ºT); Cáceres (Rodrigão, aos 26’/2ºT), Flávio Souza (Jaderson, sem intervalo) e Parraguéz.

(Técnico: Gustavo Florentin)

See also  AO VIVO - Porto x Sporting

Leave a Comment

x