Polícia investiga suspeitos de desviar R$ 1,5 bilhão da Seguro Defeso

Um bilhão e quinhentos e vinte milhões de reais. O número astronômico corresponde ao valor que a Polícia Federal (PF) suspeita que uma organização criminosa suspeita fraudou o Seguro Desemprego do Pescador Artesanal, o popular Seguro Defeso.

Hoje (17), após quase dois anos investigando indícios de irregularidades na concessão de benefícios previdenciários, a PF lançou uma megaoperação para cumprir 180 mandados de busca e apreensão e 35 prisões preventivas.

Batizada de Operação Tarrafa, a operação envolve mais de 600 policiais federais e ocorre simultaneamente em 12 estados: Bahia; Ceará; Goiás; Maranhão; Minas Gerais; Ao; Pernambuco; piaui; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; São Paulo e Tocantins.

A PF alega já ter colhido provas de que os investigados fraudaram o sinistro pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos pescadores comerciais artesanais durante o período de defeso, ou seja,

Em colaboração com funcionários da Secretaria Nacional de Aquicultura e Pescas, Secretaria Especial de Previdência e Trabalho; o Instituto Nacional de Segurança Social; Caixa e DataPrev, os investigadores concluíram que os envolvidos inseriram informações falsas no Cadastro Geral de Pesca e fraudaram pedidos de benefícios da Previdência Social.

Segundo a Polícia Federal, os investigadores conseguiram burlar 436 mil pedidos de seguro-desemprego para pescadores artesanais. Como resultado, aproximadamente R$ 1,520 bilhão foi pago irregularmente a pessoas cadastradas em 1.340 municípios.

investigações

As investigações em curso indicam que, além de funcionários, várias colônias, sindicatos e associações de pescadores estiveram envolvidos no esquema.

A PF informou que 42 servidores são alvo de mandados de busca e apreensão que estão sendo cumpridos hoje. 36 deles trabalham no INSS.

As pessoas sob investigação podem ser responsáveis ​​pelos crimes de peculato, envolvimento em organização criminosa, falsificação de documentos públicos, uso de documentos falsos, inserção de dados falsos em sistemas de informação, corrupção passiva e corrupção ativa.




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


See also  O jovem de 13 anos estava dirigindo em um acidente no Texas que matou nove pessoas

Leave a Comment

x