Porto Alegre recebe curso de lentes de contato odontológicas com caso clínico ao vivo

Segundo publicação do CFO (Conselho Federal de Odontologia), o Brasil possui o maior número de dentistas do mundo com cerca de 19% dos profissionais. Ao mesmo tempo, o país ocupa a quarta posição na lista das nações com maiores mercados para a chamada Odontologia Estética – segmento que atua na área de cosméticos e restaurações dentárias – conforme divulgado pelo portal Segs.

Nesse cenário, Porto Alegre sediará a segunda edição de um curso sobre lentes de contato odontológicas com um caso clínico vivo no Brasil, voltado para cirurgiões-dentistas. O curso de formação “Lentes de Contato Odontológicas – Ciência e Prática” acontecerá de 23 a 25 de junho na Cátedra de Lentes de Contato em Porto Alegre com a participação do Dr. Diego Dalla Bona, Dentista, Ex-Professor de Odontologia nos Estados Unidos e Diretor Científico da Chair Side.

Após consulta com o médico. Marcelo Borille, dentista responsável pelo evento e Dr. Marcelo Borille Odontologia Estética, a ideia da atividade surgiu de uma necessidade do mercado. “O curso surgiu pela grande demanda de colegas de profissão que buscavam ajuda para seus casos. Muitos dentistas me procuraram pedindo ajuda e tirando dúvidas, com várias dúvidas sobre como usar a técnica para obter bons resultados.”

De acordo com o especialista, o público-alvo do curso de lentes de contato odontológicas são dentistas que já trabalham há muito tempo e querem mais segurança na hora de realizar a técnica. “O treinamento deve abranger o conceito de preparos, o passo a passo do preparo das reduções, acabamento, SDI e conformação”.

Além disso, continua, os participantes aprenderão sobre coloração, laminados temporários, cimentação, adaptação de lentes de contato, tratamento, isolamento para cimentação de lentes dentais, adaptações oclusais e soluções de casos. A primeira edição do evento também foi realizada no Chair Side entre os dias 31 de março e 2 de abril.

See also  Festival de Brasília do Cinema Brasileiro volta ao formato presencial

Perspectivas após a pandemia

Segundo dados de uma pesquisa da UFPel (Universidade Federal de Pelotas), o número de consultas odontológicas diminuiu significativamente durante a pandemia de Covid-19 no país. De acordo com o estudo, a taxa de corte foi de 80% no sistema público e 30% no setor privado.

Ao mesmo tempo, a “Pesquisa Nacional de Saúde” realizada em 2019 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e divulgada em 2020 mostra que em média apenas metade dos cidadãos (49,4%) visitou o dentista em um determinado período de 12 meses.

De acordo com o Dr. Borille, passada a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, muitos brasileiros retomaram o atendimento odontológico, impactando no aumento das buscas por procedimentos como lentes de contato dentais, uma variante técnica mais delicada que as facetas de porcelana. .

“No curto e médio prazo, o mercado de lentes de contato odontológicas continuará crescendo, pois o segmento de odontologia estética cresceu cerca de 300% ao ano nos últimos cinco anos”, conclui, citando dados da SBOE (Sociedade Brasileira de Odontologia e Estética).

Para mais informações é só acessar: https://www.lentedecontatodental.poa.br/

Site: https://www.lentedecontatodental.poa.br/

Leave a Comment

x