Quem vende planos de IPTV ou TV Box pode ser interrompido? E quem compra?

Os serviços de IPTV são muito bem sucedidos no Brasil. plataformas gratuitas como Plutão TV, TV Samsung Plus S Canais LG consolidou-se no mercado global e popularizou a tecnologia no Brasil. Mas junto com eles, inúmeras plataformas ilegais roubaram espaço no mercado e estão presentes nas casas de muitas pessoas. Usar uma IPTV pirata é sério o suficiente para ser preso? E o que pode acontecer com quem vende esses serviços?

Antes de tudo, precisamos entender o que são esses serviços hackeados. Explicaremos como eles funcionam, seja com um aplicativo, site ou até mesmo TV Box, e quais riscos legais você corre ao usar tal serviço.

É ilegal usar IPTV?

IPTV por si só não é ilegal. Na verdade, é uma tecnologia que tem sido muito bem recebida pelo grande público, principalmente por quem quer estar atualizado com o que há de melhor em serviços de TV a cabo e streaming, sem ter que pagar uma fortuna por isso. Há alguns anos, se você quisesse assistir SporTV, Discovery Channel, History, Animal Planet, Space, etc., teria que desembolsar uma fortuna para um plano de TV por assinatura.

IPTV chegou e mudou isso. Você pode acessar todos os canais de TV por assinatura, mesmo com a mesma experiência, porém, sem gastar muito e muitas vezes sem taxas de instalação ou empréstimo de equipamentos. A DirecTV Go, por exemplo, é uma empresa que precisou se adaptar a essa nova realidade de mercado e hoje oferece planos com mais de 70 canais ao vivo por apenas R$ 79,90, sem aparelho ou taxa de instalação, basta uma boa conexão com a Internet.

Existem sites que oferecem acesso a jogos de futebol de forma totalmente gratuita;  estes são exemplos de plataformas ilegais (Crédito: Canva/Reprodução)
Existem sites que oferecem acesso a jogos de futebol de forma totalmente gratuita; estes são exemplos de plataformas ilegais (Crédito: Canva/Reprodução)

Um serviço de IPTV torna-se ilegal quando não possui a devida autorização para transmitir o catálogo de canais. Este é caracterizado como violação de direitos autoraispode gerar um competição injusta no mercado. Os proprietários legais desse conteúdo de transmissão podem sofrer um grande prejuízo quando muitas pessoas acessam seus canais, mas não pagam ou pagam uma empresa que não faz parte dos parceiros aprovados desses estúdios.

Existem serviços de IPTV legais e gratuitos?

Pode ser que algumas pessoas acreditem que os serviços de IPTV sejam considerados ilegais apenas quando nenhum pagamento é feito por eles. Isso não é verdade. existem muitas plataformas gratuitamente e que oferecem acesso ao seu conteúdo de forma totalmente legalizadosem infringir nenhum direito autoral, como já explicamos aqui na Oficina da Net.

See also  Assista às declarações dos pilotos após a classificação para o GP do Azerbaijão 2022 - Notícias da Fórmula 1 - Grandes Prêmios - Notícias da Fórmula 1
Pluto TV é um exemplo de plataforma de IPTV gratuita e legal (Crédito: Pluto TV/Playback)
Pluto TV é um exemplo de plataforma de IPTV gratuita e legal (Crédito: Pluto TV/Playback)

Mas e se você pagar para assistir os canais? Há quem acredite que qualquer serviço pago não viola nenhuma lei ou direito autoral. Isto também não é verdade. Como já mencionado, quando uma plataforma fornece acesso a conteúdo restrito por assinatura e ainda cobra por isso, comete duas grandes violações. primeiro ela viola direitos autorais por não ter autorização para transferir. Em segundo lugar, gera concorrência desleal no mercadojá que o valor cobrado por essas plataformas costuma ser bem abaixo do que as empresas oficiais cobram.

Em breve, Não é porque o serviço cobra uma espécie de assinatura que, na verdade, é uma plataforma legal sob a lei brasileira. Além disso, nem todas as alternativas gratuitas são vistas como um serviço pirata. A pirataria envolve a distribuição ilegal de qualquer conteúdo protegido por direitos autoraissejam canais de TV, filmes, músicas, livros e tudo o que você possa imaginar.

E as TVs Box?

As TV Boxes são uma das melhores invenções feitas pelo homem nos últimos anos. São úteis, práticos, modernos e com uma proposta muito interessante para quem quer ter uma smart TV, ou seja, uma TV com acesso à internet, mas não tem condições de pagar. Em alguns casos, os dispositivos TV Box são ainda melhores que as próprias TVs inteligentes, pois possuem um sistema mais integrado e personalizado para consumir streaming e outros conteúdos.

O Roku Express é uma das melhores opções de TV Box do mercado (Crédito: Roku/Play)
O Roku Express é uma das melhores opções de TV Box do mercado (Crédito: Roku/Play)

Por si só, não podemos dizer que as TV Boxes são ilegais. Afinal, seu objetivo é transformar qualquer TV, mesmo as antigas de tubo, em uma smart TV. O problema é que algumas pessoas tendem a corromper esse propósito original e transformar o aparelho em uma espécie de decodificador para canais ilegais.

Você já deve ter visto alguém por aí vendendo um IPTV Box que garante acesso a diversos canais. Costumam custar um pouco mais que o aparelho original e prometem acesso a diversos canais fechados, além de Premiere, Combat, Telecine, Netflix, HBO Max e Spotify em suma, sem nenhuma assinatura. Quem já passou pela 25 de Março já deve ter visto esse tipo de produto. Algumas pessoas até anunciam nas redes sociais.

See also  Putlocker 'The Batman' (2022) streaming online gratuito Aqui está como - ant777.club
BTV e HTV são alguns exemplos de caixas de IPTV que você pode encontrar ao passear pela 25 de Março em São Paulo (Crédito: BTV/Reprodução)
BTV e HTV são alguns exemplos de caixas de IPTV que você pode encontrar ao passear pela 25 de Março em São Paulo (Crédito: BTV/Reprodução)

Escusado será dizer que estes são dispositivos ilegais, certo? Por isso, muitos desses aparelhos são apreendidos em operações policiais ou agentes de fiscalização da Receita Federal e da Anatel. Todos os meses, muitas, muitas TVs Box são apreendidas no Porto de Santos ou na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, principais vias de entrada desses produtos no Brasil.

Em breve, caixa de tv é ótimadesde que possua o selo de homologação da Anatel e não possua nenhum sistema operacional que forneça acesso a canais de TV fechada e aplicativos de streaming de forma clandestina.

Usar IPTV ilegal é crime? O que a lei diz sobre isso?

Como vimos até agora, ao infringir direitos autorais, utilizar qualquer serviço que distribua qualquer tipo de conteúdo de forma ilegal pode ser considerado uma prática criminosa. Como todo crime, tem que haver uma vítima. Nesse caso, as vítimas são responsáveis ​​pela produção do conteúdo, que inclui estúdios, produtores, diretores, autores, etc.

A Artigo 7 da Lei de Direitos Autorais protege todo este material audiovisual contra qualquer tipo de pirataria e, de acordo com as Artigo 184 do Código Penal Brasileiro, a apropriação de qualquer conteúdo protegido pode acarretar algumas consequências para o infrator. No entanto, há duas situações a considerar:

  • Copie para seu próprio benefício: quem copiar qualquer conteúdo protegido por direitos autorais com o objetivo de revendê-lo em benefício próprio, a penalidade é detenção de dois a quatro anos em regime fechado. Isso se aplica a aplicativos e sites de IPTV ou TVs Box.
  • Distribuição de sinal IPTV: Nos termos do n.º 3 do artigo 184.º, quem estabeleça uma rede clandestina para a transmissão do sinal de IPTV pode aplicar uma pena de dois a quatro anos e multa. Essa conduta também viola o artigo 183 da Lei Geral de Telecomunicações, que proíbe a existência de qualquer rede clandestina de telecomunicações.

Apesar de ser crime, ainda são poucas as prisões

Mesmo com penalidades e multas definidas, as prisões por essas práticas ilegais ainda são muito raras. É evidente que em todo o território nacional existem pessoas que compram, vendem e retransmitem um sinal ilegal protegido por direitos autorais. Embora, Para iniciar o processo de investigação, o lesado deve apresentar uma representação por escritoo que torna tudo cada vez mais lento em nosso país, pois existem milhares de plataformas de IPTV ilegais e mais aparecem todos os dias.

See also  Golden State Warriors x Boston Celtics (finais) - NBA Previsão 13/06/2022

Em 2018, juntamente com a Anatel e a Receita Federal, o Governo Federal criou o Plano de Ação de Combate à Pirataria que teve bons resultados contra serviços ilegais de IPTV. No entanto, em linguagem simples, para um revendedor de IPTV chegar ao ponto de ser preso e multado, alguém precisa denunciar primeiro.

Quem usa IPTV hackeado pode ser preso?

Assim, chegamos ao ponto mais delicado de toda a história aqui contada, pois para evitar os altos preços praticados pelas empresas de televisão a cabo ou IPTV legal, algumas pessoas tendem a utilizar serviços alternativos, que exigem um custo bem menor ou, em alguns casos, eles são totalmente gratuitos.

Você já deve ter ouvido falar que as pessoas que se inscrevem nesses serviços ilegais nunca serão presas, mas esse não é o caso. A Artigo 180 do Código PenalEle estabelece que adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar qualquer coisa conhecida como produto de crime pode resultar em uma pena de dois a quatro anos e aplicação de multa. Alguns anos se passaram desde que o hacking foi aplicado neste caso, mas uma operação recente da Polícia Federal resultou no bloqueio de 400 sites e aplicativos ilegais de IPTV, além de uma campanha de conscientização da sociedade.

Previsto no Código Penal Brasileiro, o uso de serviços piratas é considerado crime (Crédito: Canva/Reprodução)
Previsto no Código Penal Brasileiro, o uso de serviços piratas é considerado crime (Crédito: Canva/Reprodução)

Ao promover a pirataria, uma pessoa que compra qualquer serviço ilegal sim você pode sofrer com prisão sem possibilidade de fiança e multa. É verdade que essas prisões são ainda mais raras do que para revendedores de IPTV, mas é algo que está previsto em lei e quem quiser se arriscar, é bom saber que é uma possibilidade.

E você, o que acha de IPTV? Tem que terminar tudo ou é muito útil para quem não pode pagar TV a cabo? Deixe sua opinião abaixo!

Leave a Comment

x