Simone Jatobá fez história com o título sul-americano Sub-17 feminino

Simone Jatobá, 41 anos, paranaense, escreveu seu nome na história do futebol brasileiro no último sábado (19) quando liderou a seleção feminina sub-17 ao campeonato sul-americano desta categoria em Montevidéu (Uruguai). Ela foi a primeira treinadora a liderar a seleção nacional de um país a uma vitória continental.

“Antes de mais nada, eu nem estava procurando por isso, estava realmente procurando o título e o desenvolvimento da equipe. Estou muito feliz com isso. É extremamente importante para o nosso país e para as mulheres, mas também para a seleção brasileira e para os atletas”, disse Simone, feliz.

O treinador assumiu o comando do time sub-17 em agosto de 2019, mas ainda não o havia feito oficialmente devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que adiou várias competições entre 2020 e 2021. A sul-americana foi a primeira a desafiá-la à frente da seleção feminina.

Os técnicos do Paraná Technique garantiram o título ao vencer a Colômbia por 1 a 0 no Estádio Charrúa. O gol saiu no segundo tempo com a participação de dois atletas da Ferroviária. Aos 30 minutos, Aline chutou pelo meio e rolou na diagonal em direção à também atacante Rhaissa. Auxiliado pelo desvio da bola na marca colombiana, o camisa 19 penetrou na área e tocou a saída do goleiro para declarar a vitória brasileira.

“Foi muito gratificante entrar, acompanhei o jogo com concentração quando estava no banco e entrei concentrado para ajudar meu time. Quando conheci não havia explicação, fiquei muito feliz por ter contribuído e ajudado vocês”, disse Rhaissa.

O triunfo levou o Brasil a nove pontos em três jogos na final, três à frente da Colômbia. Um empate bastaria para os brasileiros, que estavam à frente no saldo de gols na última rodada. A equipe também garantiu vaga na Copa do Mundo Sub-17, que será realizada na Índia de 11 a 30 de outubro. Colômbia e Chile (terceiro lugar no Campeonato Sul-Americano) também se classificaram.

O Brasil conquistou seu quarto título no Campeonato Sul-Americano Sub-17 Feminino e o conquistou com 100% de aproveitamento (os anteriores foram em 2010, 2012 e 2018). Foram sete vitórias em sete jogos com 33 gols marcados e nenhum sofrido. O atacante do Toledo-PR Jhonson terminou a competição como artilheiro com nove gols.


Saber mais

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com acertos de frutas

+ Vídeo: Mãe é agredida nas redes sociais por usar roupa apertada para levar o filho à escola
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ O que se sabe sobre a Fluorona?
+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais
+ ‘Monster Ichthyosaur’ é descoberto na Colômbia

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado
+ Veja quais carros foram mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


Leave a Comment