SP: Padaria muda nome de bolo de “nega maluca” para “afrodescendente”

Crédito: Reprodução

A confeitaria mudou o nome do doce “bolo nega maluca” para “bolo afrodescendente” (Crédito da imagem: reprodução)

O empresário Mauro Sérgio Proença, 56, decidiu mudar o nome do bolo “nega maluca” para “bolo afrodescendente” na padaria Aveiro, em São Paulo, da qual é sócio. A mudança ocorreu depois que a padaria recebeu ofício do Sampapão (Sindicato dos Industriais de Padaria e Confeitaria de São Paulo). A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

No documento, o sindicato recomendou, entre outras coisas, a alteração dos rótulos de doces como “Teta de Nega”, “Nega Maluca”, “Linguagem da sogra”, “Maria Mole”. A justificativa afirma que os nomes “que até foram vistos com simpatia não são mais aceitos e podem gerar constrangimento e acusações de crimes raciais, machismo, preconceito etc”.

Segundo Proença, ele achava que o novo nome, Afrodescendente, remeteria à origem do bolo e, portanto, “não causaria constrangimento”. No entanto, nesta terça-feira (15) clientes foram ao estabelecimento reclamar da mudança após a foto viralizar nas redes sociais.

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, também criticou a mudança nas redes sociais. “Eles querem criminalizar o bolo. Isso tem que acabar”, escreveu. “Temos uma relação amorosa com esses doces. Você faz parte da nossa vida. Chega de tanto Mimimi. Ninguém aguenta mais”.

Segundo a Folha, o dono da padaria e os funcionários foram ameaçados e constrangidos. Para reverter a situação, Proença mudou novamente o nome do doce, desta vez para “Bolo de Chocolate”.

“Ela [clientes] Eles pensaram que íamos lutar. Não somos obrigados a segui-lo [a recomendação do sindicato]Conversei com donos de outras padarias que não mudaram de nome”, disse Proença em entrevista à coluna de Monica Bergamo.

Na quarta-feira (16), o empresário decidiu restaurar o nome original da guloseima. Agora o rótulo diz “bolo nega maluca” novamente. Proença disse ainda que o estabelecimento estava “desorientado” e que iria falar com o sindicato sobre o ocorrido. “Não sabemos se vamos para a direita, para a esquerda, para cima ou para baixo”, disse à Folha.




Saber mais

+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comia carne. Confira o resultado

+ O que acontece no cérebro quando morremos? Os cientistas já têm uma resposta
+ A “pedra da morte” do Japão quebra após quase mil anos
+ Homem incendeia usuário de drogas em Belo Horizonte

+ Veja quais carros foram roubados com mais frequência em SP

+ Após mulher dizer que Gusttavo Lima é pai da filha, ela pode ser processada
+ Horóscopo: Confira a previsão de hoje para o seu signo do zodíaco

+ Omicron: sintoma inesperado de infecção em crianças preocupa equipes médicas

+ Vendedores do Mercadão de SP ameaçam clientes com fraude de frutas

+ O truque de espremer limões está viralizando nas redes sociais

+ Expedição identifica lula gigante responsável pelo naufrágio de 2011
+ Autoridades dos EUA alertam: nunca lave frango cru


See also  Horóscopo do dia: conheça as previsões para hoje (30)

Leave a Comment

x