Terremoto no Japão LIVE de magnitude 7,3 e alerta de tsunami é emitido | Fukushima | Miyagi | Apagão em Tóquio | VÍDEO | MUNDO

Agência EFE

Um terremoto de magnitude 7,3 sacudiu a leste de Japãoprivando dois milhões de casas de eletricidade, e provocou um alerta de tsunami na costa nordeste do arquipélago, informaram fontes oficiais.

ASSISTA A TRANSMISSÃO AO VIVO

VISÃO: Terremoto no Japão provoca apagão em Tóquio e outras cidades do país

O terremoto ocorreu às 23h36, hora local (14h36 GMT), na quinta-feira, a uma profundidade de 60 quilômetros.conforme relatado pela Agência Meteorológica do Japão (JMA), que alertou para um possível tsunami na área mais afetada até um metro de altura.

O terremoto foi precedido por outro terremoto de menor intensidade, e atingiu um alto nível de seis na escala japonesa, de um máximo de sete e se concentrou em medir a agitação na superfície e nas áreas afetadas, e não na intensidade do tremor. Foi fortemente sentido em outras áreas do leste e centro do Japão, incluindo Tóquio, onde atingiu o nível quatro na escala japonesa.

A operadora da usina nuclear de Fukushima Daiichi, em processo de desmantelamento desde a crise nuclear desencadeada pelo grande terremoto e tsunami de março de 2011, está atualmente analisando se algum dano foi causado pelo novo terremoto, bem como em outras instalações atômicas próximas.

O terremoto causou cortes de energia na cidade de Soma, em Fukushima, bem como em grandes áreas de Tóquio e nas prefeituras vizinhas de Kanagawa, Chiba e Saitama.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, convocou uma reunião de emergência para coordenar o monitoramento da situação e analisar possíveis danos.

See also  'The Fabulous Destiny of Amélie Poulain' soa ao vivo no Belas Artes

Várias linhas ferroviárias de alta velocidade foram interrompidas no nordeste do país, enquanto vários trechos de rodovias também foram fechados por precaução, assim como o aeroporto de Haneda, em Tóquio.

De acordo com os critérios de

Projeto de Confiança

Saber mais

VÍDEO RECOMENDADO

Rússia-protesto-guerra-notícias

PODE INTERESSAR VOCÊ

Leave a Comment

x