“The Residence”: a nova série de suspense da Netflix do criador de “Inventing Anna”

Um assassinato na Casa Branca, onde todos são suspeitos.  Novidades de Shonda Rhimes para Netflix.  (Netflix)
Um assassinato na Casa Branca, onde todos são suspeitos. Novidades de Shonda Rhimes para Netflix. (Netflix)

Esta é uma das mulheres mais poderosas da indústria do entretenimento: Shonda Rhimes, marca registrada no mundo das séries. A produtora tem a seu crédito o super popular Anatomia de Grey, Prática de pivô, escândalo, Como escapar de um assassinato e o mais recente Bridgerton e Inventando a Ana, apenas para citar alguns. Com esses dois fundos exclusivos da Netflix, a plataforma acaba de confirmar sua nova ficção A residência.

[Más series y películas que te recomendamos en Qué puedo ver]

Há dois anos, Shonda assinou um contrato com Netflix para capturar suas novas ficções nessa plataforma. Após o sucesso do drama de época Bridgerton (poucos dias antes da estreia de sua segunda temporada) começou com Inventando a Ana e agora seguir em frente A residência (A residência) que aborda um mistério no estilo de “Hercules Poirot”, conforme relatado na plataforma. A história contará com um detetive excêntrico e muitos suspeitos em torno do crime. Mas o fato mais importante é o local onde acontece o evento, que é nada mais nada menos que a mansão mais famosa do mundo: a Casa Branca.

Shonda Rhimes estreou na Netflix com "Bridgerton" e com "Inventando a Ana" e agora vem com "A residência"REUTERS/Danny Moloshok/File Photo
Shonda Rhimes estreou na Netflix com “Bridgerton” e “Inventing Anna” e agora chega com “The Residence” REUTERS/Danny Moloshok/File Photo

A série é roteirizada por Paulo William Davis que também atuará como produtor executivo da ficção que acompanha BetsyBeerse será baseado no livro de Kate Anderson Brower chamado “A Residência: Dentro do Mundo Privado da Casa Branca”. A série é descrita como “uma loucura insana no andar de cima, no andar de baixo e nos fundos da Casa Branca, entre a equipe eclética da mansão mais famosa do mundo”.

A história seguirá a lenda que acompanha o título desta história: “132 quartos. 157 suspeitos. Um cadáver, em um espaço de 5100 metros quadrados. Um detetive loucamente excêntrico. Um jantar de estado desastroso. O detetive extremamente excêntrico também parece ser fortemente influenciado por Poirot.”

A série é baseada no livro de Kate Anderson Brower, chamado The Residence: Inside the Private World of the White House.  (Netflix)
A série é baseada no livro de Kate Anderson Brower, chamado The Residence: Inside the Private World of the White House. (Netflix)

Quem fará parte do elenco desta série ainda não foi informado, mas pelo menos sabemos que serão oito episódios de aproximadamente uma hora. A série está em fase de desenvolvimento e o roteiro final está sendo ajustado. Portanto, é provável que a estreia ocorra apenas em 2023.

Shonda Ele quer ser tão bem sucedido quanto ele foi. Bridgerton que foi uma das séries de maior sucesso da plataforma, da qual em breve teremos novidades quando a segunda temporada for lançada. Entretanto, Rimas Ele já tem em mente a estreia de vários spin-offs e novas temporadas da recentemente mencionada, já que se pegar os livros de Julia Quinn. Ele ainda tem muito tecido para cortar.

Nesta ocasião, a história se concentrará no Visconde Anthony e sua busca por uma esposa.

CONTINUAR LENDO:

Nicolas Cage recebe a maior pontuação pelo filme em que interpreta a si mesmo
11M: o documentário que relembra e relata o atroz atentado terrorista ocorrido em Madrid em 2004
Outer Range: o western atípico que vem da mão de Josh Brolin

Leave a Comment