U-tad organiza ‘Con-Ciencia: Educate in STEM professions’ para incentivar a formação em áreas tecnológicas

São quatro sessões consecutivas, que começam na terça-feira, 5 de abril, Dia Internacional da Conscientização, para conscientizar, justamente, a necessidade de os jovens estudarem carreiras STEM

Apesar destes dados, o Ministério da Educação revela que ‘cada vez menos pessoas estão interessadas em fazer este tipo de estudos, com os inscritos em carreiras técnicas a cair 28% nos últimos anos, sendo a queda mais acentuada entre as raparigas (33% raparigas vs 26% meninos).’

U-tad, um Centro Universitário comprometido com a divulgação, visibilidade e formação em disciplinas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática), organiza a conferência ‘Con-Ciencia: Educando nas profissões STEM’, com o objetivo de, através do testemunho de profissionais que desenvolvem suas carreiras no setor de tecnologia, despertam o interesse dos mais jovens pelo ambiente de trabalho STEM e especificamente, em áreas como inteligência artificial, segurança cibernética e realidades estendidas, setores que tanto precisam desses perfis.

Estas sessões gratuitas, que decorrerão de terça-feira 5 a sexta-feira 8 de abril, e que podem ser acompanhadas tanto presencialmente na sede da U-tad em Las Rozas como online, são as seguintes:

– Terça-feira, 5 de abril, das 18h às 19h30: ‘Con-Ciencia: o perfil STEM necessário na indústria 4.0.’ Debate moderado por Montse Mateos, editor do jornal Expansión. Participar:

  • Pilar Ponce, presidente do Conselho Escolar da Comunidade de Madrid
  • Acácio Martin, Gerente Regional Fortinet Iberia
  • Montse Bragado, arquiteto de soluções de TI da Hewlett-Packard Enterprise
  • Raúl Boldú, Gerente do Centro de Habilidades de Realidade Mista da Acciona
  • Mercedes Piera, Conselheira para Inovação, Educação, Economia e Emprego da Câmara Municipal de Las Rozas.
  • Mar Angulo, coordenador académico das duplas licenciaturas em ‘Matemática Computacional e Engenharia de Software’ e ‘Física Computacional e Engenharia de Software’ na U-tad.
See also  Análise das equipes na fase de grupos da Copa do Mundo no Catar

– Quarta-feira, 6 de abril, das 18h às 19h30: ‘Con-Ciencia: desinformação pró-russa sobre a invasão da Ucrânia, uma visão do Twitter’.

Ésquilo, dramaturgo grego, dizia que “a primeira vítima de uma guerra é a verdade”. Mari Luz Congosto, professora da Licenciatura em Engenharia de Software da U-tad e especialista em análise quantitativa de informação de redes sociais, vai explicar como, em situações como a que vivemos hoje, a desinformação e as fake news são outras armas muito utilizadas por cada lado para lançar mensagens de propaganda.

– Quinta-feira, 7 de abril, das 16h às 20h: ‘With-Science: cibersegurança em um mundo hiperconectado.

Em um momento de tensão geopolítica como o que vivemos, além da invasão militar da Ucrânia, há outra ofensiva que a Rússia está realizando de forma mais discreta: uma guerra cibernética que pode ter sérias consequências globais. Já em 2017, os dois ciberataques originados na Rússia (NotPetya e WannaCry), rapidamente se espalharam pela Internet e impactaram o mundo inteiro, custando bilhões de dólares. Neste momento, estamos enfrentando um novo desafio em questões de segurança cibernética: o conflito cibernético da Rússia com a Ucrânia poderia se espalhar para o resto da Europa e afetar todo o planeta, em um mundo como o atual, onde estamos hiperconectados?

Para analisar essa possibilidade, quatro especialistas em segurança cibernética nos informarão sobre como enfrentar esses novos desafios por meio de seus respectivos documentos:

  • 16h: ‘Detecção de vulnerabilidades: como agir’. Alejandro Ulises, Engenheiro de Desenvolvimento de Software da Amazon e ex-aluno da U-tad.
  • 17h: ‘Estratégias para gerir a defesa do ciberespaço’. D. Francisco Marín Gutiérrez, tenente-coronel do Exército. Sede do Comando de Operações Aliadas da OTAN (SHAPE).
  • 18h00: ‘Gestão de Incidentes’. Jorge Sanz, responsável pela área de inspeção da Sidertia Solutions.
  • 19h: ‘Equipe Vermelha nas grandes empresas’. Eduardo Arriols, professor e especialista em cibersegurança na Licenciatura em Engenharia de Software da U-tad.
See also  Guerra Rússia vs. Ucrânia: hackeado pela censura, o principal jornal independente da Rússia fecha

– Sexta-feira, 8 de abril, das 13h00 às 15h00: ‘Con-Ciencia: realidade virtual, a melhor aliada da medicina’.

A Realidade de Transplante Virtual (VTR) é uma iniciativa pioneira em todo o mundo em realidade virtual e aumentada para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar psicoemocional de pacientes pediátricos transplantados hepáticos.

Por meio de uma plataforma tecnológica que incorpora e gerencia experiências baseadas em técnicas gamificadas, narrativas e interativas, foram desenvolvidos cenários e experiências virtuais para o manejo da dor onde o foco de atenção do paciente pediátrico é alterado para que se concentre nos estímulos que o afetam. fornece esta ferramenta e não em exames médicos.

Laura Raya, diretora dos cursos de pós-graduação em realidades estendidas da U-tad e gestora tecnológica deste projeto junto com Erika Guijarro, psicóloga da Unidade de Transplante Pediátrico do Hospital Universitário La Paz e precursora desta iniciativa, relatará este novo projeto e de os benefícios desta tecnologia para pacientes de transplante de fígado.

Para assistir a essas sessões, você precisa se inscrever aqui.

Leave a Comment

x