Veja como se inscrever no Vestibular Unicamp 2023

O período de inscrição para o segundo semestre de 2022 do programa Universidade para Todos (Prouni) começa na próxima segunda-feira (1º) e vai até 4 de agosto.

Podem participar estudantes interessados ​​em bolsas parciais de 50% ou 100% integrais em várias universidades privadas, desde que tenham sido aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e tenham obtido média mínima de 450 pontos. em cada disciplina de exame. Além disso, o aluno não deve ter passado no teste de redação ou participado como instrutor.

De acordo com o edital do ProUni, o resultado com a lista de pré-selecionados estará disponível no site oficial do programa e consistirá em duas chamadas consecutivas. A 1ª chamada acontecerá no dia 8 de agosto e a 2ª chamada no dia 22 de agosto de 2022.

notícias do Prouni

Uma das novidades desta edição é que as inscrições devem ser feitas de acordo com a modalidade competitiva, a saber: ampla competição e ação afirmativa. Com isso haverá também um ranking para a classificação dos candidatos inscritos de acordo com cada modalidade escolhida.

Outra mudança é a ampliação do critério de escolaridade do aluno que deseja se candidatar às bolsas do Prouni. A classificação levará em consideração a modalidade competitiva escolhida pelo aluno em sua matrícula por curso, turno, local de oferta, instituição e dentro de cada modalidade deve-se respeitar a ordem decrescente de notas do Enem e conforme edital deve ser a seguinte ordem priorizado:

– professores da rede pública de ensino, exclusivamente para cursos de docência e magistério voltados à formação de professores da educação básica, se for o caso e se estiverem matriculados nessa situação;
– Aluno que tenha concluído o ensino médio em escola pública;
– Alunos que cursaram o ensino médio em parte em escola pública e em parte em instituição privada, como bolsista integral da respectiva instituição;
– Alunos que cursaram o ensino médio em parte em escola pública e em parte em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem condição de bolsista;
– Aluno que tenha concluído o ensino médio completo em instituição privada, como bolsista integral da respectiva instituição; e
– Estudantes com diploma do ensino secundário de instituição privada, na condição de bolseiro parcial da respectiva instituição, ou sem estatuto de bolseiro.

See also  O público pode conhecer a produção da BMW na fábrica; saiba como fazer

renda

Para ser elegível para o processo, o candidato deve atender a alguns critérios, como: B. Requisitos de renda per capita: até 1,5 salário mínimo para bolsa integral; e até 3 salários mínimos para uma bolsa parcial que corresponde a 50% da mensalidade do curso.

De acordo com o Ministério da Educação e Cultura, ao classificar os alunos inscritos no processo seletivo do ProUni, as notas obtidas nas duas últimas edições do Enem imediatamente anteriores ao processo seletivo do ProUni para ingresso em curso de graduação ou curso avançado do treinamento específico são levados em consideração.

A lista de critérios para inscrição também exige que o candidato à bolsa seja brasileiro sem diploma universitário, tenha participado de uma das duas últimas edições do Enem e preencha pelo menos uma das seguintes condições:

Eu aluno que participou:

– Ensino médio apenas em escolas públicas;
– Ensino secundário integralmente em instituição privada como bolseiro pleno da respetiva instituição;
– Ensino secundário parte em escolas públicas e parte em instituições privadas, como bolseiro pleno da respetiva instituição;
– Ensino secundário em parte em escola pública e em parte em instituição privada, no âmbito de bolsa da respetiva instituição ou sem a condição de bolsa; e
– Ensino secundário integralmente em instituição privada, a título de bolsa da respectiva instituição, ou sem condição de bolsa;

II – aluno com deficiência prevista na legislação; e

III – Docentes da rede pública de ensino, exclusivamente para magistério e cursos destinados à formação de professores do ensino fundamental, independentemente da renda referida nos §§ 1º e 2º do art. 1º da Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005.

See also  Como fazer...? Você não pode errar com esta receita deliciosa!

Fonte: Agência Brasil

Leave a Comment

x