William Bonner é cercado por uma multidão, quase preso e descobre o assassinato

William Bonner passou bons momentos apresentando e editando o “Jornal Nacional”, da TV Globo.

William Bonner no livro de 2009 “O Jornal Nacional – Modo de Fazer” já fez várias revelações chocantes e entregou alguns dos perrengues que já vivenciou na profissão. Além disso, o moderador da Globo já se mostrou extremamente vulnerável e até chorou de vez em quando na bancada da live.

Em entrevista ao Memória Globo, o apresentador falou sobre a cobertura da morte do Papa João Paulo II em 2005. A equipe do canal conseguiu chegar ao Vaticano antes da confirmação da saída do religioso. A ideia de Ali Kamel, diretor de jornalismo da Platinum, era fazer o “Jornal Nacional” sair da cidade logo após a morte.

Tal foi a pressa que William Bonner teve de correr para as ruas do Vaticano para fazer a primeira entrada ao vivo anunciando a morte do Papa. Em meio a uma multidão de religiosos, o jornalista recebeu a informação e conseguiu ser um dos primeiros veículos do mundo a noticiar a partida de João Paulo II.

O problema é que o jornalista precisou da ajuda de policiais para passar por uma barreira. Encurralado, ele falou com os policiais, que o proibiram e até o ameaçaram de passar. “Se você passar para este lado, será preso imediatamente”, disparou um deles.

Na reportagem para o livro Jornal Nacional – Modo de Fazer, William Bonner disse que contou com a ajuda de algumas freiras para conseguir a entrada ao vivo. “E as agora felizes freiras Iam estão pedindo permissão aos peregrinos. E os peregrinos se aglomeravam para abrir caminho. E eu segui a trilha que eles deixaram”, revelou.

Eliana se recusa a gravar um programa com a apresentadora do SBT e a equipe desocupa os estúdios: "Ao teu lado"

Eliana se recusa a gravar show com apresentadora do SBT e equipe sai dos estúdios: ‘Do lado dela’

Mamma Bruschetta no elenco Supersônico (Foto: Reprodução/YouTube)

“Ele é gay e todo mundo sabe disso”, Mamma Bruschetta desmascara a vida sexual de uma apresentadora de discos

Leonardo (Foto: Divulgação)

Leonardo desaba ao falar sobre morte horrível na família e deixa o Brasil de luto: “Dói”

CHORAR AO VIVO

A apresentadora da Globo também chorou ao vivo em 2003. Após uma falha técnica com uma reportagem sobre a morte de Roberto Marinho, o jornalista teve que prestar sua homenagem de forma espontânea, ao vivo e com muita emoção. “Eu leio, leio, leio, bem devagar porque eu sou chorão, eu sei, e me emociono muito rápido”, avaliou.

See also  Confira as informações e onde assistir ao vivo o jogo da Série B

ASSASSINATO NO ESTÚDIO

Por fim, William Bonner já forneceu uma estranheza peculiar sobre os estúdios onde atualmente apresenta o “Jornal Nacional”. Os estúdios onde estão as bancadas foram palco de uma cena icônica das novelas brasileiras de 1988. A personagem Odete Roitman de “Vale Tudo” foi assassinada no mesmo local onde hoje é veiculado o noticiário.

Nesse estúdio, em 1990, a Globo retirou toda a área de dramaturgia do prédio do Jardim Botânico, na zona sul do Rio de Janeiro, deixando apenas o jornalismo. As novelas foram transferidas para Jacarepaguá no Projac, que foi inaugurado oficialmente em 1995.

William Bonner relata a morte do Papa João Paulo II (Foto: Reprodução/TV Globo)
William Bonner relata a morte do Papa João Paulo II (Foto: Reprodução/TV Globo)

VÍDEO DO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Maisa Silva e Ana Maria são punidas na Globo

Leave a Comment

x