Yakecan: especialistas explicam a dimensão do fenômeno que pode ocorrer com mais frequência no Brasil | Fantástico

Lucas em Santa Catarina e Juan Pablo no Uruguai enfrentaram um fenômeno que os cientistas conhecem bem.

“O Yakecan foi o resultado de um ciclone extratropical muito intenso. Ele se formou nas costas da Argentina, sul do Brasil e Uruguai”, explica Ricardo de Camargo, professor do Departamento de Ciências Atmosféricas da USP.

Yakecan Storm — Foto: Epagri/Ciram/Divulgação

Nesta época do ano há até furacões na costa sul da América do Sul. Mas este, o Yakecan, era diferente. Porque, como explica o professor Ricardo, começou como um ciclone extratropical que se forma em condições muito específicas na atmosfera e não depende da interação com o oceano.

Estava meio “tranquilo” no mar, absorvendo energia da água, que ainda está quente na época. Assim, embutido no ciclone extratropical, surgiu outro ciclone: ​​um subtropical. Isso interage com o oceano. E foi esse sistema misto – extratropical e subtropical – que causou todos os danos que vimos.

  • massa de ar polar? Ciclone extratropical? Subtropical? Entenda o que são esses fenômenos
  • Ciclone ou Tempestade? O que é Yakecan?

E também houve um frio intenso: no Sul, onde mora a professora Eliana, no Sudeste e até no Centro-Oeste.

Como já sabemos, houve dois furacões: um aninhado no outro.

“Então todo o frio que sentimos esta semana foi devido ao primeiro ciclone extratropical”, explica o professor Ricardo.

Independentemente dos nomes que recebem, os ciclones continuarão atingindo o Brasil. E no contexto das mudanças climáticas, teme-se que elas tragam “novidades”.

Fantástico: É possível que se tornem mais comuns nas próximas décadas?

Ricardo de Camargo: É uma projeção que se faz.

Entenda como tais eventos podem se tornar mais frequentes e devastadores em nosso país assistindo a reportagem de Álvaro Pereira Júnior no vídeo acima.

Ouça podcasts incríveis

o podcast Isto é fantástico está disponível em G1, jogo do globo, deezer, Spotify, Google Podcasts, Podcasts da Apple e Música da Amazônia ótimas reportagens, pesquisas e histórias fascinantes em um podcast com o selo de jornalismo Fantástico: profundidade, contexto e informação. Siga, curta ou inscreva-se Isto é fantástico no seu player de podcast favorito. Todos os domingos tem um episódio novo.

O podcast Prazer, Renata está disponível no G1, Globoplay, Deezer, Spotify, Google Podcasts, Apple Podcasts, Amazon Music ou no seu aplicativo favorito. Siga, inscreva-se e curta Prazer, Renata na sua plataforma preferida. Há um novo episódio toda segunda-feira.

Leave a Comment

x